quarta-feira, 23 de julho de 2008

Sacanas

Este é um post que é exactamente isso...um post de raiva conta alguns "sacanas" que todos certamente conhecemos!
Uma das questões que mais me incomoda e para a qual não consigo resposta é "Porque é que as mulheres tem preferência sempre pelos homens que são sacanas?"... as mulheres preferem os homens que as enganam e depois ainda gozam com elas...é revoltante...
Este fim de semana presenciei algo que me revoltou...e deixo publicamente um voto de tentar proteger todas as minhas amigas dessas situações...
Ver pessoas - homens - que se aproveitam de mulheres... das alturas em que elas estão fragilizadas... aproveitam-se delas e depois ainda vem para a praça publica rir-se dessas situações... quando digo aproveitar-se não é simplesmente promover o sexo... mas também aproveitar-se de situações de debilitação para tomar proveito e ao mesmo tempo depois criar histórias sobre essas situações. Se calhar muitas das mulheres nunca sabem destes pormenores... mas a verdade é que elas acabam sempre por preferir esses homens... Será que a mulher gosta de ser enganada?
Depois as mulheres sofrem... muitas vezes involuntariamente...mas muitas vezes elas poderiam evitar isso...

Sacanas

Este é um post que é exactamente isso...um post de raiva conta alguns "sacanas" que todos certamente conhecemos!
Uma das questões que mais me incomoda e para a qual não consigo resposta é "Porque é que as mulheres tem preferência sempre pelos homens que são sacanas?"... as mulheres preferem os homens que as enganam e depois ainda gozam com elas...é revoltante...
Este fim de semana presenciei algo que me revoltou...e deixo publicamente um voto de tentar proteger todas as minhas amigas dessas situações...
Ver pessoas - homens - que se aproveitam de mulheres... das alturas em que elas estão fragilizadas... aproveitam-se delas e depois ainda vem para a praça publica rir-se dessas situações... quando digo aproveitar-se não é simplesmente promover o sexo... mas também aproveitar-se de situações de debilitação para tomar proveito e ao mesmo tempo depois criar histórias sobre essas situações. Se calhar muitas das mulheres nunca sabem destes pormenores... mas a verdade é que elas acabam sempre por preferir esses homens... Será que a mulher gosta de ser enganada?
Depois as mulheres sofrem... muitas vezes involuntariamente...mas muitas vezes elas poderiam evitar isso...

terça-feira, 22 de julho de 2008

Hope

"A Esperança é a ultima a morrer" ... esta é uma das expressões mais conhecidas sobre a Esperança...

Mas o que é a Esperança?... cada um de nós poderá elabora a sua "definição"...caso consigam definir. A Esperança é um sentimento...um estado de espírito...enfim é "algo" que nos orienta...nos alimenta...nos norteia a vida...é algo que por vezes nos mantém ligados à Terra e nos impede de simplesmente perder o sentido de vida.
Mas o que é que alimenta a Esperança?...um pequeno gesto...um olhar...um toque...ou simplesmente um sentimento profundo que não se consegue conter...possivelmente não será apenas um destes factores...não serão dois...provavelmente serão todos.
A Esperança é um espada com dois gumes muito aguçados...de um lado temos a possibilidade de conseguir aquilo que se anseia...alcança-se aquilo que a Esperança alimentava...na outra face temos a possibilidade de uma desilusão...Mas quem de nós se importa com a face negativa quando acredita convictamente na face positiva...pois é ninguém...
É caso para voltar ao início...a Esperança é mesmo a última a morrer.

Hope

"A Esperança é a ultima a morrer" ... esta é uma das expressões mais conhecidas sobre a Esperança...

Mas o que é a Esperança?... cada um de nós poderá elabora a sua "definição"...caso consigam definir. A Esperança é um sentimento...um estado de espírito...enfim é "algo" que nos orienta...nos alimenta...nos norteia a vida...é algo que por vezes nos mantém ligados à Terra e nos impede de simplesmente perder o sentido de vida.
Mas o que é que alimenta a Esperança?...um pequeno gesto...um olhar...um toque...ou simplesmente um sentimento profundo que não se consegue conter...possivelmente não será apenas um destes factores...não serão dois...provavelmente serão todos.
A Esperança é um espada com dois gumes muito aguçados...de um lado temos a possibilidade de conseguir aquilo que se anseia...alcança-se aquilo que a Esperança alimentava...na outra face temos a possibilidade de uma desilusão...Mas quem de nós se importa com a face negativa quando acredita convictamente na face positiva...pois é ninguém...
É caso para voltar ao início...a Esperança é mesmo a última a morrer.

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Ser Feliz

Ser feliz não é conseguir o que se deseja, é desejar o que já se possui...

Certamente já tentaste definir a felicidade...ser feliz é...
Conseguir o que se deseja é uma questão de afirmação...em alguns casos de persistência...e em muitas outras de pura sorte...mas desejar o que já se possui leva a que se mantenha viva a esperança e a força que nos faz viver...isso sim traz a felicidade e a faz perdurar na nossa vida.
Por vezes a felicidade parece uma utopia, mas ela existe...temos que procurar dar valor à que já temos e apenas assim a podemos alimentar e cimentar na nossa vida. Ser feliz é mais do que um estado de espírito ou de alma...Ser feliz é muito mais uma filosofia de vida.
Mas quem serei eu par dar "lições" sobre felicidade...sim é mesmo verdade...não sou ninguém...apenas alguém que procura a cada dia que passa fazer dele um dia melhor...alguém que quer ser cada vez mais feliz...se for a teu lado...seria fantástico...se não for...a felicidade não deixa de existir pode sim ficar mais ofuscada...ou dar lugar a tristeza na vida...mas nunca te deixes consumir por outra filosofia de vida que não a Felicidade.

Seremos felizes se conseguirmos que ao nosso lado os que nos são muito próximos sejam felizes também. Sê feliz...vive feliz...ajuda os outros a serem felizes.

Ser Feliz

Ser feliz não é conseguir o que se deseja, é desejar o que já se possui...

Certamente já tentaste definir a felicidade...ser feliz é...
Conseguir o que se deseja é uma questão de afirmação...em alguns casos de persistência...e em muitas outras de pura sorte...mas desejar o que já se possui leva a que se mantenha viva a esperança e a força que nos faz viver...isso sim traz a felicidade e a faz perdurar na nossa vida.
Por vezes a felicidade parece uma utopia, mas ela existe...temos que procurar dar valor à que já temos e apenas assim a podemos alimentar e cimentar na nossa vida. Ser feliz é mais do que um estado de espírito ou de alma...Ser feliz é muito mais uma filosofia de vida.
Mas quem serei eu par dar "lições" sobre felicidade...sim é mesmo verdade...não sou ninguém...apenas alguém que procura a cada dia que passa fazer dele um dia melhor...alguém que quer ser cada vez mais feliz...se for a teu lado...seria fantástico...se não for...a felicidade não deixa de existir pode sim ficar mais ofuscada...ou dar lugar a tristeza na vida...mas nunca te deixes consumir por outra filosofia de vida que não a Felicidade.

Seremos felizes se conseguirmos que ao nosso lado os que nos são muito próximos sejam felizes também. Sê feliz...vive feliz...ajuda os outros a serem felizes.

sábado, 19 de julho de 2008

Guess who

Pois é adoro cinema e como não sei muito bem que títulos dar aos textos...frases, citações ou títulos de filmes dão sempre muito jeito!
Bem, a verdade é que acabou mesmo...mesmo com milhares de razões para não quer estar contigo a verdade é que eu queria mesmo era estar contigo...não é possível e só sabes porquê! Não compreendi nem compreendo o dia em que decidiste abandonar o meu coração...ficou ferido...mas há-de cicatrizar.
Quem conhece diz bem...apenas um problema e esse problema sou eu mesmo...nunca expresso o que sinto no timming certo.
Este será um texto curto...não é normal mas não consigo escrever mais...sinto a inibição até nas palavras...

A dor é forte...o sentimento muda...a paixão renasce...
Ela é linda, mas não sabe que ele gosta dela...ele não é capaz...pelo menos para já...de lhe dizer o que sente. Ele sabe que com isso arrisca-se a perder uma mulher fantástica. O que deve ele fazer...avançar...mesmo sem saber se ela também sente alguma coisa por ele...ou arriscar esperar e perceber o que ela sente e arriscar-se a perdê-la?
É uma decisão muito complicada para ele...o que fará...e tu o que achas que ele deve fazer?

Guess who

Pois é adoro cinema e como não sei muito bem que títulos dar aos textos...frases, citações ou títulos de filmes dão sempre muito jeito!
Bem, a verdade é que acabou mesmo...mesmo com milhares de razões para não quer estar contigo a verdade é que eu queria mesmo era estar contigo...não é possível e só sabes porquê! Não compreendi nem compreendo o dia em que decidiste abandonar o meu coração...ficou ferido...mas há-de cicatrizar.
Quem conhece diz bem...apenas um problema e esse problema sou eu mesmo...nunca expresso o que sinto no timming certo.
Este será um texto curto...não é normal mas não consigo escrever mais...sinto a inibição até nas palavras...

A dor é forte...o sentimento muda...a paixão renasce...
Ela é linda, mas não sabe que ele gosta dela...ele não é capaz...pelo menos para já...de lhe dizer o que sente. Ele sabe que com isso arrisca-se a perder uma mulher fantástica. O que deve ele fazer...avançar...mesmo sem saber se ela também sente alguma coisa por ele...ou arriscar esperar e perceber o que ela sente e arriscar-se a perdê-la?
É uma decisão muito complicada para ele...o que fará...e tu o que achas que ele deve fazer?

sexta-feira, 18 de julho de 2008

Speed

Hoje tive conhecimento de um episódio trágico, inevitavelmente não posso fugir a esse assunto.
Durante o dia de hoje, morreu um jovem de 16/17 anos, vítima de afogamento/congestão digestiva...por isso hoje tenho que puxar o tema da morte.
A morte é o terminar da vida, o fim de uma passagem na Terra...sim acredito que depois do fechar de olhos algum mais tem que haver para além disso...pois se tal não acontecer a nossa existência é um pouco vazia...se vivemos 20,30,50,80 anos e depois tudo desaparece há que reconhecer que a vida humana seria muito vã!
Falo da morte com frieza e franqueza, a morte a mim não me assusta e poderia morrer hoje, amanhã e não me incomoda essa situação...sei e tenho consciência que aquilo que mais certo temos é a morte...por isso é algo que nunca me assustará!
Hoje ao saber da morte de um jovem em circunstâncias muito imprudentes leva-me a pensar que a nossa irresponsabilidade mais cedo ou mais tarde pode trazer consequências inevitáveis. Paz e descanso à alma do jovem - que não conheço - mas há que reconhecer que muitas das vezes brincamos com a morte...e ela não gosta de brincadeiras.
A vida é curta demais para ter medo da morte e para que se brinque com ela. A vida essa sim merece toda a nossa atenção e devemos vivê-la de forma responsável e sempre aproveitando cada dia como seja o último...fazendo de cada dia um dia do qual nunca nos arrependamos.

Speed

Hoje tive conhecimento de um episódio trágico, inevitavelmente não posso fugir a esse assunto.
Durante o dia de hoje, morreu um jovem de 16/17 anos, vítima de afogamento/congestão digestiva...por isso hoje tenho que puxar o tema da morte.
A morte é o terminar da vida, o fim de uma passagem na Terra...sim acredito que depois do fechar de olhos algum mais tem que haver para além disso...pois se tal não acontecer a nossa existência é um pouco vazia...se vivemos 20,30,50,80 anos e depois tudo desaparece há que reconhecer que a vida humana seria muito vã!
Falo da morte com frieza e franqueza, a morte a mim não me assusta e poderia morrer hoje, amanhã e não me incomoda essa situação...sei e tenho consciência que aquilo que mais certo temos é a morte...por isso é algo que nunca me assustará!
Hoje ao saber da morte de um jovem em circunstâncias muito imprudentes leva-me a pensar que a nossa irresponsabilidade mais cedo ou mais tarde pode trazer consequências inevitáveis. Paz e descanso à alma do jovem - que não conheço - mas há que reconhecer que muitas das vezes brincamos com a morte...e ela não gosta de brincadeiras.
A vida é curta demais para ter medo da morte e para que se brinque com ela. A vida essa sim merece toda a nossa atenção e devemos vivê-la de forma responsável e sempre aproveitando cada dia como seja o último...fazendo de cada dia um dia do qual nunca nos arrependamos.

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Fast and Furious

Calma, não vou falar do filme...
O assunto será outro...irei abordar o tema do amor...
No amor tudo é lindo, tudo muito belo enquanto corre bem. No verdadeiro amor deve correr sempre muito bem, e quando corre menos bem os dois devem procurar fazer de tudo para que as coisas melhorem. Quando isso não acontece será sinal que na realidade não seria verdadeiro amor...e com isso mais cedo ou mais tarde levará à separação e como diz a expressão do título, tudo acontecerá rápido e ao mesmo tempo de forma violenta.
Do amor ao ódio...são dois passos...é fácil amar uma pessoa...mas se ela nos magoa muito...torna-se ao mesmo tempo muito fácil de a odiar.
Já os poetas dizem que o "amor é fogo que arde sem se ver"...sim uma chama que nos consome o interior e nos derrete o coração...não se vê...apenas se sente...e nunca se consegue definir...por isso os poetas recorrem a alegorias e outros recursos estilísticos. Continuam os poetas "é ferida que dói e não se sente"...nesta não acredito...pois no amor as feridas doem e muito...são feridas de difícil cicatrização...penso até que algumas nunca se fecham nem nunca cicatrizam.
O Amor trás à nossa visa o que de melhor a nossa vida tem...mas também é capaz de nos trazer o pior... é curioso...é um verdadeiro sentimento de antípodas...de opostos...
Para amar são precisas duas pessoas que não olhem um para o outro mas sim no mesmo sentido...pois se apenas olharem um para o outro mais dia menos dia um deles desviará o seu olhar e verá que o que os unia não era Amor...mas se por outro lado olharem no mesmo sentido...ao longo do seu Amor viverão a plenitude do mesmo...vivendo os dois como um só...partilhando as alegrias e as tristezas que a vida lhes traga.
O Amor pode chegar depressa mas pode partir de forma muito dolorosa.
Ama quem te ama, não ames quem te sorri, porque quem te sorri não te ama, mas quem te ama sofre por ti.

Fast and Furious

Calma, não vou falar do filme...
O assunto será outro...irei abordar o tema do amor...
No amor tudo é lindo, tudo muito belo enquanto corre bem. No verdadeiro amor deve correr sempre muito bem, e quando corre menos bem os dois devem procurar fazer de tudo para que as coisas melhorem. Quando isso não acontece será sinal que na realidade não seria verdadeiro amor...e com isso mais cedo ou mais tarde levará à separação e como diz a expressão do título, tudo acontecerá rápido e ao mesmo tempo de forma violenta.
Do amor ao ódio...são dois passos...é fácil amar uma pessoa...mas se ela nos magoa muito...torna-se ao mesmo tempo muito fácil de a odiar.
Já os poetas dizem que o "amor é fogo que arde sem se ver"...sim uma chama que nos consome o interior e nos derrete o coração...não se vê...apenas se sente...e nunca se consegue definir...por isso os poetas recorrem a alegorias e outros recursos estilísticos. Continuam os poetas "é ferida que dói e não se sente"...nesta não acredito...pois no amor as feridas doem e muito...são feridas de difícil cicatrização...penso até que algumas nunca se fecham nem nunca cicatrizam.
O Amor trás à nossa visa o que de melhor a nossa vida tem...mas também é capaz de nos trazer o pior... é curioso...é um verdadeiro sentimento de antípodas...de opostos...
Para amar são precisas duas pessoas que não olhem um para o outro mas sim no mesmo sentido...pois se apenas olharem um para o outro mais dia menos dia um deles desviará o seu olhar e verá que o que os unia não era Amor...mas se por outro lado olharem no mesmo sentido...ao longo do seu Amor viverão a plenitude do mesmo...vivendo os dois como um só...partilhando as alegrias e as tristezas que a vida lhes traga.
O Amor pode chegar depressa mas pode partir de forma muito dolorosa.
Ama quem te ama, não ames quem te sorri, porque quem te sorri não te ama, mas quem te ama sofre por ti.

terça-feira, 15 de julho de 2008

The Mask - A Máscara


A máscara, certamente já todos assistiram ao filme...mas será que pensaram na mensagem que o filme pode conter!
Pois é este simples filme...cuja qualidade até pode ser discutível...contém uma mensagem muito interessante.
Quantos de nós na sua timidez precisariam de uma máscara como a do filme para poderem expressar-se sem tabus ou mesmo sem os seus receios pessoais. A máscara no filme liberta o que de mais íntimo, profundo e reprimido o personagem tem. O uso do subterfúgio de uma máscara é muitas vezes presença na nossa vida...quantas vezes pessoas que nós conhecemos se comportam de uma forma perante a pessoa A, e perante a pessoa B tem uma atitude completamente diferente.
Quantas vezes como eu pensaram que seria preciso uma "máscara" para podermos expressar-nos à vontade, sem os receios de ouvir o NÃO! aquele que tanto custa ouvir e aceitar.
Actualmente há "máscaras" muito para além dum simples artefacto, hoje temos o telemóvel; a internet; os hi5...e todas as outras tecnologias que permitem o contacto com outras pessoas falando descomplexadamente e expressando sentimentos mesmo sem o contacto do olhar.
Para os reféns da timidez, onde me incluo, esta é uma óptima forma de nos expressarmos livremente...mas será o mais correcto?! onde fica a sensualidade das trocas de olhares na rua, no café, no trabalho...onde fica o charme...as conversas...claro que fazem muita falta. Infelizmente nem todos têm uma "Máscara de Loky"...e vivem nos seus receios de assumirem o que sentem...dizerem o que pensam abertamente e estarem preparados para ouvir o NÃO!
Mas fico contente de não ter essa máscara, pois quem me conhece sabe como sou, aceita-me como tal...e vivo realmente e não a hipocrisia de perante algumas pessoas ter que agir de uma maneira e perante outras agir de outra forma...HIPOCRISIA e grande FALSIDADE.
A vida por vezes é ingrata e injusta, mas acredito que com esforço para melhorar ela acabará por trazer a cada um o que mais deseja...mas claro que não se esqueçam que tem que fazer mais do que ficar sentados no sofá...
As máscaras da vida nunca devem ser usadas todos os dias, é importante que as tiremos e nos mostremos aos outros como somos...pois se usarmos a máscara todos os dias acabamos por ser nós a máscara...e a máscara ocupa o nosso lugar...temos uma personalidade própria com tudo o que ela trás.

The Mask - A Máscara


A máscara, certamente já todos assistiram ao filme...mas será que pensaram na mensagem que o filme pode conter!
Pois é este simples filme...cuja qualidade até pode ser discutível...contém uma mensagem muito interessante.
Quantos de nós na sua timidez precisariam de uma máscara como a do filme para poderem expressar-se sem tabus ou mesmo sem os seus receios pessoais. A máscara no filme liberta o que de mais íntimo, profundo e reprimido o personagem tem. O uso do subterfúgio de uma máscara é muitas vezes presença na nossa vida...quantas vezes pessoas que nós conhecemos se comportam de uma forma perante a pessoa A, e perante a pessoa B tem uma atitude completamente diferente.
Quantas vezes como eu pensaram que seria preciso uma "máscara" para podermos expressar-nos à vontade, sem os receios de ouvir o NÃO! aquele que tanto custa ouvir e aceitar.
Actualmente há "máscaras" muito para além dum simples artefacto, hoje temos o telemóvel; a internet; os hi5...e todas as outras tecnologias que permitem o contacto com outras pessoas falando descomplexadamente e expressando sentimentos mesmo sem o contacto do olhar.
Para os reféns da timidez, onde me incluo, esta é uma óptima forma de nos expressarmos livremente...mas será o mais correcto?! onde fica a sensualidade das trocas de olhares na rua, no café, no trabalho...onde fica o charme...as conversas...claro que fazem muita falta. Infelizmente nem todos têm uma "Máscara de Loky"...e vivem nos seus receios de assumirem o que sentem...dizerem o que pensam abertamente e estarem preparados para ouvir o NÃO!
Mas fico contente de não ter essa máscara, pois quem me conhece sabe como sou, aceita-me como tal...e vivo realmente e não a hipocrisia de perante algumas pessoas ter que agir de uma maneira e perante outras agir de outra forma...HIPOCRISIA e grande FALSIDADE.
A vida por vezes é ingrata e injusta, mas acredito que com esforço para melhorar ela acabará por trazer a cada um o que mais deseja...mas claro que não se esqueçam que tem que fazer mais do que ficar sentados no sofá...
As máscaras da vida nunca devem ser usadas todos os dias, é importante que as tiremos e nos mostremos aos outros como somos...pois se usarmos a máscara todos os dias acabamos por ser nós a máscara...e a máscara ocupa o nosso lugar...temos uma personalidade própria com tudo o que ela trás.

segunda-feira, 14 de julho de 2008

Life Or Something Like It

E tu, vives ou passas os dias aqui na Terra?

Pois bem, isso a que muitos chamam destino, rumo de vida...ou outra expressão que lhe queiram dar para mim não é mais do que uma simples ilusão...uma pequena justificação para quando algo não corre muito bem; nessa altura dizemos... é o destino. Não posso aceitar isso...como é que é possível que nós sejamos simples marionetas nas "mãos" desse tal Destino...como podemos compreender que por exemplo à última da hora eu decida ver o filme "Cidade dos Anjos" e não os "Anjos de Charlie"...isso seria possível estar escrito, estar destinado. Claro que não!Já sei devemos respeitar as opiniões dos outros...sim claro!Mas...
Meditemos no assunto...
Todos os dias conhecemos pessoas fantásticas, misteriosas, simpáticas, carrancudas, insultuosas...enfim, todos os dias contactamos com uma enorme variedade de seres humanos. Desses apenas alguns deles acabam por entra na nossa roda de pessoas com quem nos damos bem; dentro desses apenas alguns entram na roda de amigos. Perante isto como é que podemos dizer que é o destino que nos escolhe os amigos, se por vezes aqueles que aparentemente o são nos acabam por trair a confiança e a amizade que tínhamos por eles...será o destino também responsável por essa traição! Claro que não...
Se o destino existisse então no mundo não eram precisos advogados, pois se o destino era o responsável pelos nossos actos como poderíamos responder por eles e ser condenados?

A expressão que deu origem a esta dissertação surge noutro contexto...o contexto da vida e da morte; da escolha ou da casualidade dessa ocorrência! A morte, conhecida como termo da vida, surge à nossa frente de muitas a variadas maneiras...podemos até falar na morte física, inevitável e ponto terminus da nossa vida; na morte como ponto de viragem na nossa vida...como mudança de rumo. Destino e Morte aparecem muitas vezes associados e interligados...custa-nos muito aceitar o fim de uma vida, e apenas nessa altura acabamos por lhe dar o devido valor. É fácil no nosso dia-a-dia por vezes esquecermos os outros, olharmos apenas para o nosso umbigo, mas quando alguém termina o seu ciclo entre nós, esquecemos tudo, as brigas, os insultos e essa pessoa acaba por ser um "Anjo"; a isto eu chamo hipocrisia e cinismo.

Destino e Morte à parte, cada dia que vivemos deve ser aproveitado ao máximo e desfrutado como se fosse o nosso último...com tudo o que isso acarreta... desde ajudarmos quem nos é mais próximo e amamos ou rejubilando com tudo o que a vida nos oferece. Claro depois temos que vencer a nossa personalidade...pois nem sempre desfrutamos da pelnitude da vida porque temos receio de muitas vezes ouvirmos um NÃO, de termos uma rejeição; A vida acaba por ser o que de mais belo nós recebemos...aproveitemos e digamos eu VIVO não passeio apenas pela Terra.

Life Or Something Like It

E tu, vives ou passas os dias aqui na Terra?

Pois bem, isso a que muitos chamam destino, rumo de vida...ou outra expressão que lhe queiram dar para mim não é mais do que uma simples ilusão...uma pequena justificação para quando algo não corre muito bem; nessa altura dizemos... é o destino. Não posso aceitar isso...como é que é possível que nós sejamos simples marionetas nas "mãos" desse tal Destino...como podemos compreender que por exemplo à última da hora eu decida ver o filme "Cidade dos Anjos" e não os "Anjos de Charlie"...isso seria possível estar escrito, estar destinado. Claro que não!Já sei devemos respeitar as opiniões dos outros...sim claro!Mas...
Meditemos no assunto...
Todos os dias conhecemos pessoas fantásticas, misteriosas, simpáticas, carrancudas, insultuosas...enfim, todos os dias contactamos com uma enorme variedade de seres humanos. Desses apenas alguns deles acabam por entra na nossa roda de pessoas com quem nos damos bem; dentro desses apenas alguns entram na roda de amigos. Perante isto como é que podemos dizer que é o destino que nos escolhe os amigos, se por vezes aqueles que aparentemente o são nos acabam por trair a confiança e a amizade que tínhamos por eles...será o destino também responsável por essa traição! Claro que não...
Se o destino existisse então no mundo não eram precisos advogados, pois se o destino era o responsável pelos nossos actos como poderíamos responder por eles e ser condenados?

A expressão que deu origem a esta dissertação surge noutro contexto...o contexto da vida e da morte; da escolha ou da casualidade dessa ocorrência! A morte, conhecida como termo da vida, surge à nossa frente de muitas a variadas maneiras...podemos até falar na morte física, inevitável e ponto terminus da nossa vida; na morte como ponto de viragem na nossa vida...como mudança de rumo. Destino e Morte aparecem muitas vezes associados e interligados...custa-nos muito aceitar o fim de uma vida, e apenas nessa altura acabamos por lhe dar o devido valor. É fácil no nosso dia-a-dia por vezes esquecermos os outros, olharmos apenas para o nosso umbigo, mas quando alguém termina o seu ciclo entre nós, esquecemos tudo, as brigas, os insultos e essa pessoa acaba por ser um "Anjo"; a isto eu chamo hipocrisia e cinismo.

Destino e Morte à parte, cada dia que vivemos deve ser aproveitado ao máximo e desfrutado como se fosse o nosso último...com tudo o que isso acarreta... desde ajudarmos quem nos é mais próximo e amamos ou rejubilando com tudo o que a vida nos oferece. Claro depois temos que vencer a nossa personalidade...pois nem sempre desfrutamos da pelnitude da vida porque temos receio de muitas vezes ouvirmos um NÃO, de termos uma rejeição; A vida acaba por ser o que de mais belo nós recebemos...aproveitemos e digamos eu VIVO não passeio apenas pela Terra.

domingo, 13 de julho de 2008

Love is Frienship on fire!

Amor é uma amizade em chamas...
Há quem diga que o amor é uma amizade sem o poder para voar.
Com este post não pretendo vangloriar o Amor mas sim a AMIZADE.
Os amigos são tesouros, quem o tem que os guarde como o seu bem mais precioso.
Amigos acompanham-nos, compreendem-nos, aceitam-nos como somos e não procuram que sejamos diferentes...são especiais e únicos.
Quem conseguir conciliar o amor com a amizade consegue alcançar a felicidade plena. Pois que mais podemos querer atingir, do que a felicidade de ter ao nosso lado alguém que partilha connosco as alegrias, as tristezas; dando e recebendo; amando e sendo amado...certamente tem que admitir...terei razão!
Podemos no entanto perguntar, então e quando amamos mas essa pessoa não é nossa amiga; ou pelo contrário essa pessoa é nossa amiga mas não nos ama!
Bem no primeiro caso, vivemos uma utopia, que mais cedo ou mais tarde irá cair, fazendo ruir tudo o que no amor era falso e pondo a nu exactamente a ausência da amizade;
No segundo caso, podemos perder o amor de uma pessoa fantástica...mas continuamos a ter essa mesma pessoa dentro do nosso leque de amigos, ou seja continua a estar ao nosso lado quando precisamos e a não nos virar as costas quando existem problemas.

Por isso termino repetindo...

Amigos são tesouros, quem os tiver que os guarde muito bem.

Love is Frienship on fire!

Amor é uma amizade em chamas...
Há quem diga que o amor é uma amizade sem o poder para voar.
Com este post não pretendo vangloriar o Amor mas sim a AMIZADE.
Os amigos são tesouros, quem o tem que os guarde como o seu bem mais precioso.
Amigos acompanham-nos, compreendem-nos, aceitam-nos como somos e não procuram que sejamos diferentes...são especiais e únicos.
Quem conseguir conciliar o amor com a amizade consegue alcançar a felicidade plena. Pois que mais podemos querer atingir, do que a felicidade de ter ao nosso lado alguém que partilha connosco as alegrias, as tristezas; dando e recebendo; amando e sendo amado...certamente tem que admitir...terei razão!
Podemos no entanto perguntar, então e quando amamos mas essa pessoa não é nossa amiga; ou pelo contrário essa pessoa é nossa amiga mas não nos ama!
Bem no primeiro caso, vivemos uma utopia, que mais cedo ou mais tarde irá cair, fazendo ruir tudo o que no amor era falso e pondo a nu exactamente a ausência da amizade;
No segundo caso, podemos perder o amor de uma pessoa fantástica...mas continuamos a ter essa mesma pessoa dentro do nosso leque de amigos, ou seja continua a estar ao nosso lado quando precisamos e a não nos virar as costas quando existem problemas.

Por isso termino repetindo...

Amigos são tesouros, quem os tiver que os guarde muito bem.

sábado, 12 de julho de 2008

Anjos

Entidades míticas, reais ou imaginárias, isso fica ao critério de cada um de vós meus leitores, que protegem e zelam pelo bem estar dos habitantes do nosso planeta. Há quem diga que são almas de parentes próximos, outros que são entidades puras que zelam por essa pureza.

Anjos, podem ser pessoas que para nós são muito especiais...fazem nos sentir nas nuvens ou fazem de nós melhores pessoas.
Anjos não podem interagir com os Humanos, mas guiam-nos...retrata o filme "Cidade dos Anjos" que caso eles quisessem poderiam tornar-se humanos e viver como nós!

Seja uma entidade, uma alma, ou o que lhe quiserem chamar, na vida já tive alguns "Anjos", pessoas que me marcaram muito e tornaram aquilo que sou hoje. Essas marcas foram por salvamentos que fizeram à minha vida, ou marcas que deixaram na minha personalidade.

Este Blog irá procurar mostrar pensamentos profundos, sentimentos ocultos. Alguns deles pessoais, outros simplesmente algo de especial.

Espero que gostem do Blog e procurem participar nele, pois nunca será um espaço interessante se for apenas eu a escrever...comentem...critiquem...participem.

Cumprimentos a todos

Anjos

Entidades míticas, reais ou imaginárias, isso fica ao critério de cada um de vós meus leitores, que protegem e zelam pelo bem estar dos habitantes do nosso planeta. Há quem diga que são almas de parentes próximos, outros que são entidades puras que zelam por essa pureza.

Anjos, podem ser pessoas que para nós são muito especiais...fazem nos sentir nas nuvens ou fazem de nós melhores pessoas.
Anjos não podem interagir com os Humanos, mas guiam-nos...retrata o filme "Cidade dos Anjos" que caso eles quisessem poderiam tornar-se humanos e viver como nós!

Seja uma entidade, uma alma, ou o que lhe quiserem chamar, na vida já tive alguns "Anjos", pessoas que me marcaram muito e tornaram aquilo que sou hoje. Essas marcas foram por salvamentos que fizeram à minha vida, ou marcas que deixaram na minha personalidade.

Este Blog irá procurar mostrar pensamentos profundos, sentimentos ocultos. Alguns deles pessoais, outros simplesmente algo de especial.

Espero que gostem do Blog e procurem participar nele, pois nunca será um espaço interessante se for apenas eu a escrever...comentem...critiquem...participem.

Cumprimentos a todos