sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Friday Night

Sexta à noite...e a malta toda vai sair...hehe...já nem sei se era Sexta à noite se era sábado...para o efeito é o menos importante...

Hoje o assunto acaba por ser mais sério e mais social...Será que hoje em dia se pode sair tanto quanto nos tempos em que se saiam as noites de fim de semana? A vida não está fácil...os euros não esticam, tudo na vida está mais caro e mais difícil de alcançar. O que se pode fazer...temos que tentar ajustar a vida aos tempos actuais...e para isso tentar esticar os euros, nunca esticando mais do que se pode...hehe.

Deixando as questões de dinheiro fora do blog...pois seria assunto muito pesado...pensemos sim na vida...

Na nossa vida há sempre mais para além do dinheiro...para mim dinheiro nunca será felicidade...nem nunca comprará felicidade, logo o dinheiro apenas serve para as necessidades primárias. O mais complicado é satisfazer as outras necessidades...seja ultrapassar um amor fracassado...a perda de um familiar...enfim as necessidades que envolvem os sentimentos...essas sim são os verdadeiros desafios...vejamos quantos casamentos actuais conseguem chegar aos 25 anos de existência?... ou quantos amores proclamados em voz alta chegam sequer a essa união "o casamento" seja ele celebrado de que forma for!
Vejamos quantos são os casos de depressão quando não se suportam essas perdas...quando não se conseguem "digerir" esses sentimentos...seremos nós pessoas mais fracas...ou a sociedade é protectora demais e quando algo corre mal nós caímos por terra e temos enorme dificuldade em erguer-nos!
Seremos assim tão fracos!...ou queremos ser fracos...o Homem sempre foi um ser forte...veja-se tudo aquilo que conseguiu...mas quando se fala de sentimentos...uiui...aí é que as coisas se complicam...veja-se por exemplo o AMOR...quantos o tentaram definir...e quantos fracassaram...veja-se quantos pensam ter vivido um grande amor e afinal foi mera ilusão, pois quando menos esperam esse pseudo-amor acaba...como é possível um amor acabar!se calhar nunca o chegou a ser. Este acaba por ser um assunto que tento evitar...mas gostava de saber o que pensam sobre o porquê de tantos fracassos!?

Sem comentários: