sábado, 6 de setembro de 2008

Tabus...


Tabus...o que são?
Conhecidos como tabus temos o temas mais mediáticos e quase proibidos de falar em determinadas ocasiões! Um dos maiores tabus é exactamente quando se fala se sexo/ou de relações sexuais. Lanço duas pequenas perguntas...será que se os pais ditos modernos falassem com os filhos sobre a sexualidade e a iniciação da vida sexual teríamos tantas raparigas grávidas na adolescência? Será que se não houvesse o tabu dos métodos contraceptivos, existiriam tantas pessoas infectadas com o vírus da SIDA?
Vamos então partir do princípio...quantos são os filhos que se questionam de onde vieram...ou de onde veio o irmão mais novo...e que os pais com "vergonha" se escusam a responder...ou falam em sementinhas postas na barriga da mãe...estamos em que século?!onde tanta informação circula...como é possível restringir essa informação aos filhos...depois admiramos-nos que os filhos deixem de acreditar nos pais. Dependendo da idade das crianças assim temos que adequar a nossa linguagem, mas claro que todas as crianças devem perceber desde cedo como funciona o seu corpo...mas que mais tarde as raparigas não pensem estar a morrer quando têm a primeira menstruação...pode parecer exagerado...mas acreditem que ainda há casos destes nos dias que correm!
Agora a contracepção...longe vão os tempos...se é que em muitos casos realmente existiu...a virgindade até ao casamento...os métodos contraceptivos são meios ao dispôr de quem inicia a sua vida sexual, quem melhor que os pais para esclarecerem os seus filhos sobre esses métodos...pois não se pense que por não falarem com eles, os mesmos não irão iniciar a sua vida sexual...vão e irão procurar informação ao amigo que ouviu já de outro amigo...e que na maioria dos casos tem o mesmo conhecimento que os jovens com dúvidas.
Muito mais podia dizer...muito mais a esclarecer ou debater...mas apenas estas pequenas linhas para aguçar o apetite desse debate.

Vivemos no século da modernidade, na era da informação...não sejam obtáculos a essa informação e procurem que aqueles que vos são mais queridos estejam bem informados...para que possam em plena consciência tomar as decisões certas...e não cair em erros...dos quais mais tarde se podem arrepender.

Sei que o tema de hoje foge um pouco a melancolia dos anteriores, mas de vez em quando também teremos por aqui temas actuais para que possam ser comentados e debatidos.

Sem comentários: