quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Gota a Gota...


Quando um rio nasce não é mais que uma pequena gota...
Uma gota que se vai juntar a novas gotas...
Entre elas criam laços fortes...ligações duradouras...
Rapidamente crescem e deixam de ser gotas...
Inovam para pequenos riachos...
Alargando assim horizontes e destinos!

Por vezes a nossa vida é o nascer de um rio...
Olhar!...um simples olhar que fez nascer...
Desenvolver sentimentos muito intensos...
Eternos e indescritíveis...
Rejuvenescedores e revigorantes!

Gritaria aos quatro ventos o que sinto...
Reinventava o significado de paixão e amor!
Incendiaria o meu coração, mas isso já tu o fizeste...
Tudo isso seria muito pouco quando comparado àquilo que é...
Amar-te...desejar-te...
Reconhecer em ti o que é ser feliz.

Oh!...

Tempo, volta para trás...ou avança mais depressa...
Escolha difícil...
Unicamente interessava a fórmula que permita poder estar contigo!

Nunca direi... nunca!
Oportunidades a vida não dá muitas vezes...
Mentir sobre o que sinto não sou capaz...
Entristece-me não o poder gritar ao mundo!

Sem comentários: