sábado, 15 de novembro de 2008

Noite que vais...



Noite que vais...
Inquieta sem a tua lua...
Noite que vais...
Gritando aos quatro ventos...
Um nome, uma emoção, uma vida!
Espero por ti...noite...
Manhã após manhã, anseio sempre por ti...noite!

Salvo em boa hora...
Apenas com um simples gesto da tua parte!
Bastou um pouco de ti...
E muito em mim mudou!

Ocultaste e ocupaste...

Quanto?...e o quê?
Um segredo que será tão grande como o que...
Eu sinto por ti!...


Eloquente a forma como entraste...
Um mistério no que despertaste!

Serei louco,
Expressivo o suficiente no que te digo...
Inquieta-me a dúvida...

Escrevo...tentando descobrir...

Tu noite!...só tu...e sempre tu...
Unes o meu pensamento ao meu coração!...

Sobe lua...
Acende uma chama...
Bastante potente para me iluminar...
Eleva-te e ilumina a minha noite...
Salva-me todos os dias!Deixa-me ser teu nesta noite...