quinta-feira, 27 de novembro de 2008

O mar e a Lua...



Um grande momento havia chegado...
Mar preparou-se a rigor para a receber!

Pouco depois de escurecer
Ondas e espuma deram o sinal,
Um pouco de forma desajeitada
Começou por nas suas águas
Ostentar o brilho dela!...

Como estava bela naquela noite
Ofuscando todas as estrelas no céu
Mostrava todo o seu brilho...mas...
Ocultava a beleza da sua face...

A Lua lá do alto, via como o mar se agitava...

Noite avançava no tempo...
Observava e encobria o romance...
Seria mesmo um romance?!
Segurando o seu manto escuro
Arrolhava o amor agitado do Mar...

Há amores difíceis de perceber...
Impossíveis de poderem acontecer!
Simples como a Lua...que observa o Mar...
Tolos como o Mar...que nunca toca a Lua...
O amor transforma-nos
Realça o nosso lado mais romântico...
Iluminando a luz, e apagando a escuridão...
Alimentado sempre pelo desejo...

1 comentário:

Cá* disse...

O mar é o lado mais calmo da natureza, ou pelo menos o que mais me acalma... a lua beija-o com o seu brilho sempre que sobre ele se ergue... =D

adorei!