sábado, 24 de janeiro de 2009

Confiança... parte II



Sem olhar a mais nada...

... ergui a cabeça, avancei sem sequer olhar para quem observava os meus passos... fossem eles pessoas queridas e que apenas me desejam bem... ou fossem esses egoístas e hipócritas que apenas sabem dizer ou desejar mal a quem é feliz!...

... por entre olhares invejosos os meus passos não vacilaram... a confiança cresceu em mim de uma forma que até me parecia suspeita e quase me fez desconfiar... mas... depois do primeiro passo já nada nem ninguém me pararia...

... o receio e temor sofreram um rude golpe... um golpe desferido sem qualquer misericórdia ou clemência... aos poucos foram desfalecendo até ao seu último suspiro... soube então que era tempo de gritar ao mundo... a confiança vive em mim!... nada nem ninguém me pode parar!


Finalmente confiante posso...

... abrir as portas a quem com boas intenções queira entrar... os outros encontrarão um muro impenetrável...

... ser feliz... primeiro comigo mesmo... e depois aliar essa felicidade a quem a queira partilhar!

... sorrir... fruto dessa alegria interior.... e fruto da satisfação da vitória conseguida sobre os miseráveis que tanto mal me desejam e tentam fazer sentir.

... escrever de peito aberto e sempre de cabeça erguida... algo que nunca se pode nem deve perder... a dignidade e o respeito por nós próprios... para que possamos respeitar os outros!

3 comentários:

More Than Words disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Caroteno disse...

"Cidade dos Anjos"

Um filme com muitos anos, mas que retrata o sentimento mais universal e nos põe a pensar o que fazemos por ele... o que estamos dispostos a fazer para o alcançar!

Se calhar o filme questiona-nos mesmo sobre quando poderemos nós conseguir entrar nessa cidade...onde os anjos que tudo têm decidem prescindir de tudo isso por um sentimento... sentimento que magoa... faz sofrer... mas que nenhum de nós quer viver sem ele!

More Than Words disse...
Este comentário foi removido pelo autor.