sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Amizade Ganhei...


Agora posso dizer que cresci...

Finalmente posso dizer... melhor posso ser...
Enquanto não o digo ou não o posso ser...
Longe não ficarei... quero estar perto...
Inquestionável a amizade crescente...
Confiança depositada em balcão mútuo...
Intocável pela crise da sociedade actual.
Desejava estar junto a ti...
A teu lado partilhar alegrias e felicidade...
Desejos e sonhos... tristezas...
Enfrentá-las em conjunto custaria muito menos...

Ensinaste-me que é possível confiar novamente.

Obrigada! é pouco... muito pouco!

Aceitar os desafios que a vida nos coloca pela frente...
Mais do que barreiras... são ambições...
Os obstáculos apenas o são até serem transpostos
Recuar ou recear é sinal de fraqueza!

Devia ser forte... é mais fácil dizê-lo do que sê-lo...
Enquanto não o sou... escondo-me nas palavras que escrevo!

Muito mais que meras palavras...
A intensidade do brilho que despertas no meu peito...
O ardor intenso que sinto na tua presença...
São sinais... são fontes de certezas!...

De desafio em desafio... assim vamos crescendo...
Amando e amargurando... assim vamos ganhando força...
Desejando e sendo desejados... assim nos tornamos belos...
Assumindo desafios e compromissos...
Simplesmente mostramos do que somos feitos!

1 comentário:

carmemlucia disse...

Realmente, o que esta escrito
aqui é muito mais que meras
palavras,é o sentimento no seu
momente mais edificante, abrir o coração deixar transparecer algo
raro no mundo de hoje a humildade
de assumir que sózinhos somos seres incompletos.
Lindo demais este texto!!