terça-feira, 12 de maio de 2009

O jardim da vida...


A nossa vida é semelhante a um belo jardim...
De onde brotam as mais belas e graciosas flores...
Onde podemos beber o néctar da felicidade...
Redescobrir a essência do viver...
Oferecer e cultivar o mais puro que há em nós!...

Tantas flores...tantas cores... tantos aromas...
Escolhemos uma... e centramos o jardim nessa flor...

Muitas aves e insectos virão contemplar a sua beleza...
A sua graciosidade e esplendor serão admirados...
Revigorados seremos nos seus encantos...
Imponentes viveremos com a sua longevidade.
Amemos o centro do nosso jardim... o centro da nossa vida!

Nunca será demais dizê-lo...
Nunca será demais senti-lo...
Nunca será demais vivê-lo...

1 comentário:

António Luís disse...

Ora aí está uma ode à vida!
Como alguém (eloquente)disse há tempos: "Estar vivo é o contrário de estar morto!..."