sábado, 25 de julho de 2009

Fogo...

Amor é fogo que arde sem se ver...

O fogo é calor... é paixão...
É o ardente desejo de poder colar os meus lábios aos teus...
O anseio de ver os nossos corpos exporem-se...
Deixando a volatilidade da paixão assumir o controlo...
A incerteza da racionalidade...
O acelerar do coração ao ver o teu rosto...
Oh fogo!... consome todo o meu ser...
Para que a fénix da minha musa me dê de novo a vida...
Vem aquecer o meu peito...
Derrete-me o olhar contemplar a tua beleza...
Explode o meu coração de ouvir a tua voz...
Ai fogo... o amor é mesmo fogo...
Mas é um fogo que se vê arder...
É um fogo que se sente no ardor do desejo...
Nas palavras que não se conseguem dizer...
Nos olhares cúmplices que são trocados...
Vem fogo consumir este corpo com o teu amor!

4 comentários:

Drêycka disse...

to num momento de desamor e desapego das coisas romanticas

:P

Caroteno disse...

Olá,

mas nunca se está em desapego em relação aos amores... O amor faz parte da nossa vida...
Seja lá o que se passar... vais ver que vais ultrapassar essa fase...

;)

Ailime disse...

Lindo poema de amor.
Bj.

Caroteno disse...

Ailime...

Brigado por palavras tão elogiosas... sim é um belo poema dedicado a uma pessoa também ela muito especial...

;)