quarta-feira, 15 de julho de 2009

Ouvi...


No silêncio da paisagem...
Por entre o imenso verde da natureza...
Iniciámos uma bela viagem...
A melodia entoada pelas aves uma surpresa...
Ouvi o murmúrio que saiu dos teus lábios...
Quero ser tua... ao que prontamente respondi...
Eu também quero ser teu
!...
A paz e o sossego das palavra voltou...
Ouvimos o silêncio que se gerou...
Os meus lábios tocaram os teus...
E o seu som... uma delícia aos nossos ouvidos...
Os segredos da tua voz...
A doçura das tuas palavras...
Perguntaste ainda que com receio...
Será sempre assim!?...
Olhei-te nos olhos... sorri...e da minha boca ouviste...
Sim... será sempre assim... para todo o sempre!

Sem comentários: