terça-feira, 1 de setembro de 2009

Indigo...


Indigo... para outros Anil...
Eis o nome da cor que não existe...
É imperceptível à maioria dos olhares humanos...
Quanto na nossa vida nos é imperceptível para além da cor?...
Esta cor representa um pouco de tudo o que não vemos à primeira...
A cor da saudade...
A cor do muito querer...
A cor do muito amar...
A cor...
É sem dúvida a cor do mistério...
Aquela em que poucos acreditam...
Criada para justificar as sete cores?!...
Ou simplesmente a cor que nos chama...
Nos dá o toque da razão...
Nos lembra do que vai para além dos nossos olhos...
Anil ou Indigo... difícil de definir...
Quase impossível de caracterizar...
Não é uma cor primária, nem aditiva, nem subtractiva...
É uma cor do essencial...
A cor que nos recorda que podemos ver para lá dos olhos...
A cor que nos diz o que somos...
Seremos só o que os outros vemos!?...
Ou temos muito a dar...
Dar amor... carinho... atenção...
Sentir saudade... ausência...
Será caso para dizer...
Cor Indigo... é muito mais do que o que eu digo!...

1 comentário:

António Luís disse...

Caro amigo!

Está de volta o Latitude 40!

Abraço e até breve.