quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Lâmpada...



Hoje parei por momentos...
Há dias que não escrevia e publicava nada aqui no blog...
Ausência de tema? poderão pensar...
Sem ideias... sussurarão os mais criticos do blog...
O amor esgotou-se... dirão aqueles que não vivem o amor...
Não se iludam...
Hoje parei por momentos...
Aconteceu enquanto olhava para uma lâmpada...
Curioso não acham...
Um objecto tão simples...
Tão poderoso e inspirador...
Na lâmpada temos dois polos...
Unidos por um finíssimo filamento...
No amor temos dois seres...
Unidos por algo tão fino e invísivel aos olhos...
Tal como a lâmpada...
O amor dá luz... ilumina-nos...
Quando a sintonia entre os dois seres é plena...
Luz apenas existente no amor pleno...
Sem interruptores... sem cliques...
É uma luz cultivada com muito cuidado...
Muito carinho... muita atenção...
Somos dois seres...
Mas apenas quando existe o filamento invísivel entre nós podemos brilhar...
Somos dois...
Apenas completos em um só...
O toque... o momento... a atenção...
Onde reconhecer tudo isso...
Esse é o segredo mais bem guardado...
Quem o encontra não o consegue descrever...
Apenas é capaz de o viver...

Sem comentários: