quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Yin-Yang...

 

Almas gémeas...
Conceito utópico?...
Realidade que apenas alguns conhecem?...
Objectivo de vida para todos?...
Não sabendo a qual responderam o sim...
Depois de na vida ter sofrido o sabor amargo da desilusão...
Pensei que o Sim... seria resposta clara e óbvia à primeira pergunta...
A vida ensina-nos e mostra-nos o que é viver...
A utopia de pensar que se encontra a alma gémea à primeira...
Leva a que possamos ficar cegos...
Não vendo o que é muito claro...
E depois sofrendo com o que é óbvio...
Não sei se todos sabem o que são almas gémeas...
Não sei se conheceram já a sua alma gémea...
Mas acredito que para todos o sim deve vir na terceira pergunta...
Acredito no amor...
Vivo no amor...
Percebi o conceito de alma gémea assim...
Considero que apenas assim tal pode acontecer...
Como sei que é a minha alma gémea?...
Quando penso à nove meses atrás... vejo vazio...
Quando percorro esses meses... vejo brilho...
O espelho não mente... os olhos brilham ao pensar em ti...
Os lábios sorriem e o coração acelera o seu batimento...
Já o disse... e reafirmo...
Adormeço a pensar em ti...
A dormir sonho contigo...
Ao acordar o primeiro pensamento é em ti...
E o desfiar dos minutos do meu dia são a pensar em ti...
Se posso dizer que és a minha alma gémea...
Posso e tenho a certeza que não me engano!...

2 comentários:

Ricardo Agferr disse...

Desta vez vou deixar aqui o meu comentário. è que tenho o hábito de vir aqui sem deixar rasto...
Como é leve este yin-yang.
Um abraço, amigo!

Caroteno disse...

sê benvindo aqui aos comentários...

Um abraço grande amigo, espero que tudo te esteja a correr muito bem.