segunda-feira, 15 de março de 2010

Amazing...



No desconforto desta dura cadeira...
Conforta-me pensar em ti...
Sinto os lábios sorrirem nesse pensamento...
Vejo as pessoas olharem-me desconfiadas...
Indiferente à sua desconfiança...
Penso no espantoso que tem sido a minha vida...
Dou por mim a viajar nas memórias do passado...
É de facto espantoso...
A forma como desde o início falaste directamente ao meu coração...
A forma como mesmo sem dizeres nada iluminas todo o meu mundo...
Tento explicar como durante os meus dias te ouço...
Mesmo quando no meio da multidão estás fisicamente tão longe de mim...
O sorriso do teu rosto...
A primeira imagem que guardei de ti...
A imagem do teu rosto...
Que um dia na palma da minha mão guardei...
No interior do teu olhar...
Vi verdade...
Vi dor e muito sofrimento...
Senti o toque da tua mão...
Hoje continuo a ver a mesma verdade...
Vejo a dor e o sofrimento a dissiparem-se
Sinto ainda o toque da tua mão no meu rosto...
O toque que nos uniu nesse primeiro encontro...
É espantosa a alegria que trouxeste aos meus dias...
A luz que faz os meus olhos brilharem...
A tua imagem meu coração bater mais forte...
A minha palma da mão passou a ser o teu espelho...
Nele te vejo e contemplo...
É espantoso!...
Sentir esta alegria...
Querer em todas as palavras e gestos exprimi-la...
Acima de tudo poder ter a sua presença em todos os meus dias!...

Sem comentários: