sexta-feira, 26 de março de 2010

Delfins...



Ao que se diz este foi um projecto que terminou... um anjo que caiu... uma música muito interessante... um marco que os Delfins deixam na música portuguesa...

2 comentários:

Angela disse...

" Era um anjo de Deus
Que se perdera dos céus
E terra a terra voava.
A seta que lhe acertava
Partira de arco traidor,
Porque as penas que levava
Não eram penas de amor.
O anjo caiu ferido
E se viu aos pés rendido
Do tirano caçador.
De asa morta e sem esplendor
O triste, peregrinando
Por estes vales de dor,
Andou gemendo e chorando...
...
Eu só, – e eu morto, eu descrido,
Eu tive o arrojo atrevido
De amar um anjo sem luz.
Cravei-a eu nessa cruz
Minha alma que renascia,
Que toda em sua alma pus,
E o meu ser se dividia,.."
Almeida Garret

O teu blog está muito fixe, sim! E como te disse apenas deixo excertos que me marcam também! deixo-te este de uma poema que sempre adorei! :)

Vou continuar a ler os teus poemas! ;)

Angela disse...

oh eu disse lamechas a brincar... eu tambem sou uma lamechas....digo eu, ....
porque tambem nao sei se sou um anjo caido ou se sou um tirano caçador, ou alguem que morre pelo caminho....