domingo, 7 de março de 2010

Medo...


Tive dias de te ver chorar...
Horas em que te acolhi as lágrimas...
Senti a intensa tristeza que te abriu o peito...
Li nos teus olhos o medo...
Compreendi o teu sentir...
Os medos cercam-nos...
Os medos apertam-nos...
Os medos sufocam-nos...
De medo em medo vamos vivendo...
Mas sempre sem medo de viver...
O tempo cura os medos...
Os medos que já tive e vivi...
Os medos que não tenho...
Enfrento o medo com o dia-a-dia...
Vivendo a felicidade que cada um me trás...
Vivendo o melhor que sou capaz...
Olhando em frente sempre sem medo de olhar para trás...
Vivo... sem medo...
Embora receando que um dia o medo me apanhe...
O medo de perder essa alegria de viver!...

Sem comentários: