domingo, 18 de abril de 2010

Amar...



Amar...
Amar é sofrer...
Suportar a dor que era afastar-me de ti...
Amar é sofrer...
Dos teus lábios certo dia ouvir...
Que chegou o tempo de partir...
Amar é queimar...
Destruir as asas que outrora me fizeram voar...
Amar é queimar...
Todos os sonhos vividos e outros adormecidos...
Amar é doer...
Sentir o coração desejar parar de bater...
Por simplesmente não te voltar a ver...
Amar é dor...
A dor mais forte e insuportável...
Dói na ausência...
Dói quando termina...
Tanta dor...
Tanto sofrer...
E tudo para quê?
Para que um dia tudo volte a acontecer...
Queria ter um coração de pedra...
Atingiria altas temperaturas na altura de amar...
E quando chegasse a altura de acabar...
Seria como um copo de água sobre ela derramar...
Em milhões de pedaços partir...
De tal forma que não as fosse possível voltar unir...
E assim jamais voltar sentir toda a dor que é...
Amar!...

3 comentários:

Angela disse...

Certa pessoa que eu conheço quer ter um coraçao de pedra,....vai tentar ter um coraçao de pedra.....
Realmente....qd se da td parece que ja nao temos tanto p dar nem p nos mesmos,...e dps qd se tenta tonar o coraçao em pedra, entao é q ja n se consegue dar nada.....

Abraço

Caroteno disse...

Não!!!

Pelo menos que eu sai não conheço ninguém que queira um coração de pedra... este texto tem um outro contexto... mais complexo... ou mais simples... este texto não é sobre mim... foi um tema que me pediram e eu ilustrei... sou eu que escrevo embora por vezes sejam temas que me pedem e que procuro dar corpo a esses pedidos.

abraço

PS: hoje foi dia de gazeta!!!! ai...ai

Angela disse...

eu nao tava a falar que tu ias tentar ter um coraçao de pedra, tava a falar de outra pessoa!
Por vezes tem de ser, para se conseguir ultrapassar certas coisas....Mas depois os resultados podem ser maus... n sei... o que se quer é criar uma protecçao e por vezes nao se tem a noçao de qual o nivel de protecçao que se ha-de usar....
Pois foi,...hoje foi dia de gazeta...:P
Olha no outro dia gostei muito de te ver a falar com as tuas alunas :) os pequeninos devem adorar-te :)

Abraço