terça-feira, 4 de maio de 2010

Díficil...


Hoje escrevo...
Hoje paro no tempo...
Hoje decido que é tempo de deixar o tempo passar...
Hoje não queria escrever...
Hoje há muito para dizer...
Sou homem que escreve...
Um homem que sente...
Um homem que vive...
Hoje é difícil recordar este dia!...
Difícil pensar no que a vida me deu a viver...
É bom recordar o que na vida conquistei...
A que na vida amei...
Paro...
Penso...
Sinto...
Vivo!...
Hoje é difícil...

2 comentários:

Angela disse...

Caroteno,...ca está o poema que esperava ;) tirando hoje todos os dias são dificeis, só se tornam fáceis consoante a nossa maneira de encarar esse dis, de nos olharmos ao espelho e enfrentarmos o mundo de seguida :)
Entao tava dificil de escrever ... ;) mas escreves muito bem!

Abraço ;)

Caroteno disse...

Obrigado Ângela,

realmente um texto que estava difícil de ver a luz do dia... mas desta é que foi!

;)
abraço