quinta-feira, 6 de maio de 2010

Especialmente para ti...


Distante vai o dia em que as nossas linhas se cruzaram...
como que por acaso breves palavras trocámos...
escolhidas a dedo quase sem sabermos o que diziam...
de uma pequena curiosidade...
nasceu a oportunidade...
Inesquecíveis as breves horas em que te olhei nos olhos...
a magnífica doçura do teu olhar...
a sinceridade que os teus olhos mostraram...
como é/foi possível?!...
Na vida nem tudo explicamos...
apenas devemos mesmo viver...
quis a vida um dia a vida dar-te a conhecer!...
permitir que te pudesse ver...
em poucos olhares descobrir-te...
querer conhecer-te mais...
As maravilhas que a felicidade reserva para nós...
cabe a cada um descobri-las...
vive-las... senti-las...
especialmente para ti dedico estas breves palavras...
pouco podem dizer...
mas muito significam...
especialmente para ti...

6 comentários:

Angela disse...

Muito bem, mais outro poema magnifico...desta vez acho que nem consigo comentar, porque tem muito sentimento, parece-me mesmo que seja do mais fundo de ti, que diga mesmo respeito à tua pessoa!
Está muito bonito!

Abraço ;)

Caroteno disse...

Obrigado...

é um poema que tem muito...sim muito mesmo...

Abraço ;)

Dyna disse...

Ainda teremos muitas oportunidades a sim a vida nos permita, pra nos conhecermos melhor, foste e és umas das pessoas mais importantes da minha vida!!! Conhecer-te fui sem duvida um privilegio;).
Tu és simplesmente uma pessoa maravilhosa, amiga e acima de tudo um ser humano incrível!!!

Gosto imenso de ti

Romena ;)

Caroteno disse...

Olá Romena,

Benvinda de volta... em tão poucas palavras tantos elogios... fico sem palavras...

Obrigado Dyna, obrigado por tudo, obrigado por aquelas breves horas, marcaram-me muito... a vida é mesmo o que de maravilhoso e magnifico nós temos!

jitos ;)

carmemlucia disse...

Acho que escolhi bem o dia de voltar a ver este blog.
Ler este lindo poema. que vem feito mel, adoçando ainda mais os corações apaixonados.
Poucas palavras mas como você
mesmo disse.com um significado
maior que um livro inteiro.
Você consegue sempre emocionar
quem lê teus poemas.

Caroteno disse...

Olá Carmen,

Benvinda de volta.
Este acaba por ser um blog de emoções... se as pessoas que o visitam se emocionam só pode ser bom sinal.

Obrigada pelo regresso.