terça-feira, 18 de maio de 2010

Ponto de Luz...

 

Viajo...
Percorro esta linha preta...
Balanço nos pequenos sobressaltos...
Observo o meu redor...
Absorvo o verde envolvente...
Puro e magnífico...
Na rádio toca aquela música outrora desejada...
Viajo...
Percorro os trilhos de uma vida...
Onde o mais precioso está por perto...
Guardado entre os braços...
Protegido e protegendo...
Guardo este ponto de luz que em mim habita...
Procurando evitar que algo ou alguém o possa esconder...
Faz parte de mim...
Completa-me...
Dá-me força e vontade de sorrir...
Se podia viver sem esse ponto de luz...
Poder podia mas nunca seria a mesma coisa...
Um ponto de luz que está visível para todos...
Que quer brilhar mais forte...
Somos todos nós feitos de luz...
Ainda que por vezes ela fique escondida dentro de nós...
A felicidade é mais presente em nós quando brilhamos...
E brilhamos quando somos puros e vivemos o presente...
Libertando o passado... 
Não desesperando pelo futuro...
Hoje sei...
Hoje vi...
E viajo...
Procuro ir longe...
Vivendo e mostrando esta luz...
Este ponto de luz que em meus braços guardo!...

8 comentários:

alegna disse...

Procuramos um ponto de luz que complete o nosso, para que assim juntos formem um ponto de luz mais forte, e para isso percorremos trilhos perigosos, que ao mesmo tempo são perigosos para a nossa existência,são escuros esses caminhos por onde procuramos o TAL ponto de luz, será uma ilusão quando o avistaremos? deveremos correr desenfriadamente para ele? e se for uma armadilha? Existem tantas, e mesmo assim estamos dispostos a seguir até ao ponto de luz....

Abraço ;)

Caroteno disse...

Não partia por aí...

A nossa luz é nossa... e por assim ser devemos cuidar bem dela... deixá-la sempre brilhar fortemente... cabe-nos a nós zelar para que se mantenha forte e límpida.

Armadilhas existem em muitos aspectos da vida.. muitas vezes só as reconhecemos depois de cair nelas... por isso quem as puder evitar... que seja bem sucedido... quem não as conseguir evitar... deve procurar como sair delas ou como viver dentro delas.

Abraço

alegna disse...

O meu ponto de luz,.....n ssei se ainda o tenho comigo...
Alguem levou o meu ponto de luz, porque na armadilha ele caiu... e nada ganhei...

Abraço

Angel disse...

"Onde o mais precioso está por perto...
Guardado entre os braços...
Protegido e protegendo..."

Que lindo isso... Gosto da idéia de sermos, cada um ao seu modo, um ser especial, de luz. E gosto, principalmente, de saber que há luzes que se completam tão perfeitamente que juntas brilham de um jeito ainda mais intenso.

Abraço!

Caroteno disse...

Eu acredito nisso mesmo... nós somos seres de luz... de brilho e de alegria... por vezes a vida corrompe-nos e esquecemos esse brilho e essa luz... e quantas vezes quando isso acontece nos sentimos perdidos e abandonados... quando o que aconteceu foi que nós nos abandonámos a nós próprios... Sem um sentido egoísta... mas em primeiro lugar devemos preservar que esteja tudo bem connosco, pois só assim podemos estar bem com os outros... isto claro no meu humilde ponto de vista... que vale tanto como isso...

Abraço

Caroteno disse...

Alegna...

Se o ponto de luz é teu ninguém te pode tirar o que a ti pertence... tu é que podes ter deixado que esse brilho fosse ocultado... não sei é uma resposta que terás que procurar no teu interior... e apenas lá encontras as respostas para todas essas "dúvidas" que evidencias.

Abraço

cristina disse...

ola
Lindo texto uma viagem ao nosso interior...uma procura ao nosso ponto de luz..
Sim...todos nós temos o nosso ponto de luz..é ali que encontramos a paz que nos permite ter o equilibrio para que possamos ser felizes..
beijo
Cristina

Caroteno disse...

Olá Cristina,

Obrigado por palavras tão elogiosas... sim os últimos textos para que tem seguido com leitura atenta têm sido textos de muito análise interior e talvez o ponto alto seja este... ou quem sabe que ainda haverá outro sobre o mesmo tema...

Sim a luz habita em nós... e apenas se estivermos em paz com essa luz podemos sentir a felicidade em nós... temos que procurar esse ponto de luz e fazê-lo brilhar mais que tudo... às vezes é preciso tempo... calma... e muita paz para o fazer... mas o importante é não desistir de o fazer... pois se desistimos é o mesmo que desistirmos de nós próprios.

Beijo
Caroteno