sábado, 31 de julho de 2010

Chão...




Quero a ti escrever...
Porquê?... Não te sei dizer...
Sinto apenas esta necessidade...
De dentro de mim deixar sair alguma felicidade...
Com o Mundo partilhar esta alegria...
Confesso... não sabia que existia...
Depois de os meus olhos fechar...
Sobre esta folha branca me quero derramar...
Rebolar o meu corpo neste chão...
Leito da nossa imensa paixão...
E entre os meus braços abraçar...
A ti que muito quero e sinto amar!...
Sou neste mundo muito pequenino...
Um prémio recebi do destino...
Apesar da grande distância...
Somos felizes vivendo com muita paciência...
Abrimos na vida as portas da sinceridade...
E apenas prometemos sempre falar a verdade...
Quero a pele do peito rasgar...
Para o meu coração te poder ofertar...
Está recheado de muito carinho e paixão...
Semeados um dia numa pequena ocasião...
Daquelas de que não há memória...
Mas que neste blog, e não só, ficará na história!...

Chão...




Quero a ti escrever...
Porquê?... Não te sei dizer...
Sinto apenas esta necessidade...
De dentro de mim deixar sair alguma felicidade...
Com o Mundo partilhar esta alegria...
Confesso... não sabia que existia...
Depois de os meus olhos fechar...
Sobre esta folha branca me quero derramar...
Rebolar o meu corpo neste chão...
Leito da nossa imensa paixão...
E entre os meus braços abraçar...
A ti que muito quero e sinto amar!...
Sou neste mundo muito pequenino...
Um prémio recebi do destino...
Apesar da grande distância...
Somos felizes vivendo com muita paciência...
Abrimos na vida as portas da sinceridade...
E apenas prometemos sempre falar a verdade...
Quero a pele do peito rasgar...
Para o meu coração te poder ofertar...
Está recheado de muito carinho e paixão...
Semeados um dia numa pequena ocasião...
Daquelas de que não há memória...
Mas que neste blog, e não só, ficará na história!...

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Ritual Tejo...


Um tema de muita garra e força... um hino à saudade... mas uma saudade especial... ouçam este tema magnífico... pena é que projectos de grande qualidade se percam em Portugal!

Ritual Tejo...


Um tema de muita garra e força... um hino à saudade... mas uma saudade especial... ouçam este tema magnífico... pena é que projectos de grande qualidade se percam em Portugal!

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Sensibilidade...



Sensibilidade...
Não se cria...
Não se perde...
Cultiva-se...
Quando os olhos fecho...
E sinto o Sol tocar os pontos do meu rosto...
Quando os pés descalço...
E percorrendo a areia solta da praia...
Sinto as histórias que as ondas do mar trazem e levam...
Quando estendo as minhas mãos...
E tacteando o teu rosto...
Sinto-te entrar na palma da minha mão por ti tatuada...
Quando pego nesta caneta...
E estas linhas vou percorrendo...
Sentindo cada palavra...
Vivendo cada imagem que as palavras transportam dentro de si...
Quando estou junto a ti...
Desnudado das preocupações mundanas...
Sinto cada célula do meu corpo rejubilar de alegria...
Sensibilidade...
De viver e percorrer todos os pontos sensíveis de uma vida...
De viver e não ter medo de a vida viver...
De viver e querer sentir...
Sentir todas as sensações e emoções...
Que a minha sensibilidade me der a viver!...

Sensibilidade...



Sensibilidade...
Não se cria...
Não se perde...
Cultiva-se...
Quando os olhos fecho...
E sinto o Sol tocar os pontos do meu rosto...
Quando os pés descalço...
E percorrendo a areia solta da praia...
Sinto as histórias que as ondas do mar trazem e levam...
Quando estendo as minhas mãos...
E tacteando o teu rosto...
Sinto-te entrar na palma da minha mão por ti tatuada...
Quando pego nesta caneta...
E estas linhas vou percorrendo...
Sentindo cada palavra...
Vivendo cada imagem que as palavras transportam dentro de si...
Quando estou junto a ti...
Desnudado das preocupações mundanas...
Sinto cada célula do meu corpo rejubilar de alegria...
Sensibilidade...
De viver e percorrer todos os pontos sensíveis de uma vida...
De viver e não ter medo de a vida viver...
De viver e querer sentir...
Sentir todas as sensações e emoções...
Que a minha sensibilidade me der a viver!...

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Santos e Pecadores...


Um tema português pois está claro!... tema da banda sonora de mais um filme português, o primeiro rodado na capital do cinema!... os parabéns aos Santos e Pecadores... um tema muito bom... gostei muito desta tela... e vocês?

Santos e Pecadores...


Um tema português pois está claro!... tema da banda sonora de mais um filme português, o primeiro rodado na capital do cinema!... os parabéns aos Santos e Pecadores... um tema muito bom... gostei muito desta tela... e vocês?

terça-feira, 27 de julho de 2010

A minha aldeia...



Quis o destino que um dia...
Nessa aldeia pequenina fosse nascer...
Quando nem o canto do cuco se ouvia...
Nem o sol se via aparecer...

Aldeia com muito pouca população...
Onde o verde domina a paisagem...
Já é longa e rica a sua tradição...
E por isso um destino para a sua viagem...

Pequeno casario de paredes caiadas...
Onde o xisto revestia os telhados...
Hoje com tinta as casas foram pintadas...
E os penedos de seixo das ruas foram arrancados!...

Em plena Serra do Açor...
Com vista para a Mata da Margaraça...
É aí que Relva Velha ganha cor...
E onde as pessoas vivem felizes e com graça...

Em três quadras vos apresentei...
A aldeia que me viu nascer...
E assim também vos mostrei...
Onde busco inspiração para alguns textos escrever...

Com estas palavras me despeço...
Com a certeza de um dia voltar...
E com grande sinceridade vos peço...
Que um dia me venham cá visitar!...

A minha aldeia...



Quis o destino que um dia...
Nessa aldeia pequenina fosse nascer...
Quando nem o canto do cuco se ouvia...
Nem o sol se via aparecer...

Aldeia com muito pouca população...
Onde o verde domina a paisagem...
Já é longa e rica a sua tradição...
E por isso um destino para a sua viagem...

Pequeno casario de paredes caiadas...
Onde o xisto revestia os telhados...
Hoje com tinta as casas foram pintadas...
E os penedos de seixo das ruas foram arrancados!...

Em plena Serra do Açor...
Com vista para a Mata da Margaraça...
É aí que Relva Velha ganha cor...
E onde as pessoas vivem felizes e com graça...

Em três quadras vos apresentei...
A aldeia que me viu nascer...
E assim também vos mostrei...
Onde busco inspiração para alguns textos escrever...

Com estas palavras me despeço...
Com a certeza de um dia voltar...
E com grande sinceridade vos peço...
Que um dia me venham cá visitar!...

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Chave de Ouro...


Depois de ter ouvido na RFM esta versão foi um delírio... sei que é um tema que não se enquadrada muito bem nos temas que já passaram por aqui... mas aqui fica uma música fresca para este Verão... aproveitem!...

Chave de Ouro...


Depois de ter ouvido na RFM esta versão foi um delírio... sei que é um tema que não se enquadrada muito bem nos temas que já passaram por aqui... mas aqui fica uma música fresca para este Verão... aproveitem!...

domingo, 25 de julho de 2010

Sensações...



Sensações...
São mais que portas para as emoções...
Adoro todas as sensações... dos toques... dos cheiros...
O arrepiar da pele quando penso em ti, mesmo estando longe...
O brilho dos olhos quando sinto o teu cheiro encher o meu peito...
Adoro todos os pingos de chuva que são sensações de carinho...
Suaves toques... doces carícias percorrendo a minha pele...
Adoro todas as sensualidades vividas...
As experiências partilhadas e sentidas...
Adoro todos os beijos derramados de quem vive de pequenas sensações...
Adoro todos os beijos partilhados de quem saboreia as pequenas sensações...
Adoro seguir os teus passos na areia molhada...
Que me transmitem a sensação de moldar o futuro...
Que me indicam o caminho que me leva até ti...
E contigo a todas as sensações...
A sonhos e emoções!...

Texto de co-autoria:
Caroteno e Lua Cintilante

Sensações...



Sensações...
São mais que portas para as emoções...
Adoro todas as sensações... dos toques... dos cheiros...
O arrepiar da pele quando penso em ti, mesmo estando longe...
O brilho dos olhos quando sinto o teu cheiro encher o meu peito...
Adoro todos os pingos de chuva que são sensações de carinho...
Suaves toques... doces carícias percorrendo a minha pele...
Adoro todas as sensualidades vividas...
As experiências partilhadas e sentidas...
Adoro todos os beijos derramados de quem vive de pequenas sensações...
Adoro todos os beijos partilhados de quem saboreia as pequenas sensações...
Adoro seguir os teus passos na areia molhada...
Que me transmitem a sensação de moldar o futuro...
Que me indicam o caminho que me leva até ti...
E contigo a todas as sensações...
A sonhos e emoções!...

Texto de co-autoria:
Caroteno e Lua Cintilante

sábado, 24 de julho de 2010

Tim e Mariza...


Esta é uma recomendação que me foi feita... uma perfeita combinação de dois mundo tão diferentes... o rock e o fado... dando origem a algo maravilhoso... quantas vezes na vida "os opostos" também se atraem!... uma melodia fantástica... letra de música e vídeo maravilhosos... desfrutem!... obrigado pela sugestão!

Tim e Mariza...


Esta é uma recomendação que me foi feita... uma perfeita combinação de dois mundo tão diferentes... o rock e o fado... dando origem a algo maravilhoso... quantas vezes na vida "os opostos" também se atraem!... uma melodia fantástica... letra de música e vídeo maravilhosos... desfrutem!... obrigado pela sugestão!

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Paraíso...



O brilho do Sol tornava o ar quente e seco...
Tudo ao redor parecia derreter...
O teu corpo dourado iluminava-me junto ao solo...
A temperatura ainda mais alta...
As chamas alimentavam o nosso olhar...
Em fundo o paraíso...
Corremos um para o outro...
Braços abertos...
E com eles tudo aquilo que somos...
Prontos a abraçar o outro com tudo o que somos...
Recebendo tudo o que o outro é...
Os nossos corpos tocam-se...
O aquecimento é brutal...
O sangue ferve-nos nas veias...
Quase rebentando com as artérias...
Os corações mais acelerados que um motor a jacto...
Tudo em redor parece desaparecer...
Apenas o paraíso se mantém...
E eis que juntos mergulhamos...
Entramos no paraíso...
A água ao nosso redor evapora...
Os corpos molhados...
Entramos no paraíso...
Feito à nossa medida...
Esperando por nós...

Paraíso...



O brilho do Sol tornava o ar quente e seco...
Tudo ao redor parecia derreter...
O teu corpo dourado iluminava-me junto ao solo...
A temperatura ainda mais alta...
As chamas alimentavam o nosso olhar...
Em fundo o paraíso...
Corremos um para o outro...
Braços abertos...
E com eles tudo aquilo que somos...
Prontos a abraçar o outro com tudo o que somos...
Recebendo tudo o que o outro é...
Os nossos corpos tocam-se...
O aquecimento é brutal...
O sangue ferve-nos nas veias...
Quase rebentando com as artérias...
Os corações mais acelerados que um motor a jacto...
Tudo em redor parece desaparecer...
Apenas o paraíso se mantém...
E eis que juntos mergulhamos...
Entramos no paraíso...
A água ao nosso redor evapora...
Os corpos molhados...
Entramos no paraíso...
Feito à nossa medida...
Esperando por nós...

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Rev Theory...


Tema de entrada de um lutador da WWE... sim eu sei... confesso que não sou fã deste tipo de entretenimento, mas um dia destes ao fazer zapping ouvi este tema... e gostei, por isso trago-o até vós...

Rev Theory...


Tema de entrada de um lutador da WWE... sim eu sei... confesso que não sou fã deste tipo de entretenimento, mas um dia destes ao fazer zapping ouvi este tema... e gostei, por isso trago-o até vós...

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Trilho Secreto...



O mesmo trilho secreto que a ti me conduziu...
Desconhecido... distante...
Por difícil que tenha sido percorre-lo...
A felicidade de o ter percorrido e a ti ter encontrado...
Enche o meu peito e dá-me a força...
Dá-me a vontade de o percorrer mais uma vez...
E vezes sem conta...
O trilho secreto que me mostrou uma vida...
Me deu a conhecer um viver que deixa saudade...
Mas que transborda de felicidade!...
Por entre trilhos secretos...
Pelos quais guiamos a nossa existência...
Por estreitos e sinuosos que eles sejam...
Levam-nos aos mais belos recantos...
Onde o mais doce mel habita...
O sorriso é permanente...
E onde nos vamos encontrar!...

Trilho Secreto...



O mesmo trilho secreto que a ti me conduziu...
Desconhecido... distante...
Por difícil que tenha sido percorre-lo...
A felicidade de o ter percorrido e a ti ter encontrado...
Enche o meu peito e dá-me a força...
Dá-me a vontade de o percorrer mais uma vez...
E vezes sem conta...
O trilho secreto que me mostrou uma vida...
Me deu a conhecer um viver que deixa saudade...
Mas que transborda de felicidade!...
Por entre trilhos secretos...
Pelos quais guiamos a nossa existência...
Por estreitos e sinuosos que eles sejam...
Levam-nos aos mais belos recantos...
Onde o mais doce mel habita...
O sorriso é permanente...
E onde nos vamos encontrar!...

terça-feira, 20 de julho de 2010

Pink...


Claro que já tinha ouvido esta música, as rádios já tinham cumprido a sua tarefa de a dar a conhecer... mas confesso que nunca tinha visto este clip... achei que está brutal... por isso decidi publicar hoje esta música...

Pink...


Claro que já tinha ouvido esta música, as rádios já tinham cumprido a sua tarefa de a dar a conhecer... mas confesso que nunca tinha visto este clip... achei que está brutal... por isso decidi publicar hoje esta música...

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Ponto de Luz...



Escondo o rosto das sombras que me rodeiam...
Busco o raio de sol que à luz me conduz...
Olhos fixos nesse pequeno brilho...
Mãos abertas prontas a poder abraça-lo...
Mãos despidas...
Apenas tatuadas por ti...
Apenas tu nelas resides a tempo inteiro...
Abro as mãos e mostro o teu rosto ao mundo...
Ninguém te vê mas eu sei que tu lá estás...
Tatuaste o teu rosto nelas...
E com verdade vincaste bem forte essa tatuagem...
O ponto de luz brilha...
De um pequeno e minúsculo ponto...
Abre-se uma janela que quase me faz fechar os olhos...
Essa luz que me ilumina e me mostra...
Me faz brilhar fruto da sua essência...
É desta luz que me revisto...
Nela cresço e amadureço...
Por ela busco a verdade e a felicidade...
Ponto de luz que me iluminas...
E fazes brilhar!...

Ponto de Luz...



Escondo o rosto das sombras que me rodeiam...
Busco o raio de sol que à luz me conduz...
Olhos fixos nesse pequeno brilho...
Mãos abertas prontas a poder abraça-lo...
Mãos despidas...
Apenas tatuadas por ti...
Apenas tu nelas resides a tempo inteiro...
Abro as mãos e mostro o teu rosto ao mundo...
Ninguém te vê mas eu sei que tu lá estás...
Tatuaste o teu rosto nelas...
E com verdade vincaste bem forte essa tatuagem...
O ponto de luz brilha...
De um pequeno e minúsculo ponto...
Abre-se uma janela que quase me faz fechar os olhos...
Essa luz que me ilumina e me mostra...
Me faz brilhar fruto da sua essência...
É desta luz que me revisto...
Nela cresço e amadureço...
Por ela busco a verdade e a felicidade...
Ponto de luz que me iluminas...
E fazes brilhar!...

domingo, 18 de julho de 2010

Bruce Springsteen...


Aumentem o som das vossas colunas... e agora ouçam esta música... e digam-me que não se levantaram do sofá ou da cadeira para dar um pulinho!...

Bruce Springsteen...


Aumentem o som das vossas colunas... e agora ouçam esta música... e digam-me que não se levantaram do sofá ou da cadeira para dar um pulinho!...

sábado, 17 de julho de 2010

Descanso...




Sobre esta laje onde me sento...
Descansando o corpo dorido...
E sossegando o coração sofrido...
Procuro no horizonte algo que traga novo alento...
O cinzento triste do xisto nos telhados...
Contrastando com as coberturas de vermelho pintadas...
Ilustrando tão bem os momentos de olhos molhados...
Por entre os beijos e alegrias partilhadas...
Perco-me quando deixo o olhar alcançar o horizonte...
Tento percorrer a distância com um olhar...
Fico triste e só por causa daquele monte...
Que me impede de te poder alcançar...
Fecho os olhos neste momento de descanso...
Ouvindo a melodia dos pássaros a cantar...
Abro de novo os olhos e vejo o pinheiro manso...
Que contra o vento parece lutar...
Voam no alto céu as aves tão belas...
Livres como eu quero estar...
Sonhando um momento à luz das velas...
Onde só a ti te quero encontrar...
Sonho alto e em livre poder ser...
Mas sem nunca deixar de ambicionar...
A felicidade que um dia pode ver...
Mais do que ver sentir num outro momento de muito amar!...

Descanso...




Sobre esta laje onde me sento...
Descansando o corpo dorido...
E sossegando o coração sofrido...
Procuro no horizonte algo que traga novo alento...
O cinzento triste do xisto nos telhados...
Contrastando com as coberturas de vermelho pintadas...
Ilustrando tão bem os momentos de olhos molhados...
Por entre os beijos e alegrias partilhadas...
Perco-me quando deixo o olhar alcançar o horizonte...
Tento percorrer a distância com um olhar...
Fico triste e só por causa daquele monte...
Que me impede de te poder alcançar...
Fecho os olhos neste momento de descanso...
Ouvindo a melodia dos pássaros a cantar...
Abro de novo os olhos e vejo o pinheiro manso...
Que contra o vento parece lutar...
Voam no alto céu as aves tão belas...
Livres como eu quero estar...
Sonhando um momento à luz das velas...
Onde só a ti te quero encontrar...
Sonho alto e em livre poder ser...
Mas sem nunca deixar de ambicionar...
A felicidade que um dia pode ver...
Mais do que ver sentir num outro momento de muito amar!...

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Bright eyes...


Gostei de ouvir... não conhecia... comentem... achei um som muito agradável de ouvir!...

Bright eyes...


Gostei de ouvir... não conhecia... comentem... achei um som muito agradável de ouvir!...

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Lua Cintilante...



Lua Cintilante...
Musa dos meus poemas...
Luz e brilho do meu olhar...
Astro rei da minha felicidade...
Em ti eu cintilo...
Contigo sinto a vida sorrir...
Lua Cintilante...
Tu adornas os meus dias...
Envolves-me com o teu manto de estrelas...
Tu fazes-me voar em direcção a ti...
Querer estar contigo...
Lua Cintilante...
Vamos brilhar de novo juntos!...

Lua Cintilante...



Lua Cintilante...
Musa dos meus poemas...
Luz e brilho do meu olhar...
Astro rei da minha felicidade...
Em ti eu cintilo...
Contigo sinto a vida sorrir...
Lua Cintilante...
Tu adornas os meus dias...
Envolves-me com o teu manto de estrelas...
Tu fazes-me voar em direcção a ti...
Querer estar contigo...
Lua Cintilante...
Vamos brilhar de novo juntos!...

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Shunk Anansie...


Séculos que já não ouvia isto... e engraçado quando me pediram a música fiquei a olhar e sem reconhecer o tema... Esta é uma música de muito poder... quase se poderá apelidar de um grito de revolta... ouçam... e estejam atentos à letra... é fantástica!... concordam?!... Obrigado muito especial pela recomendação deste tema...

Shunk Anansie...


Séculos que já não ouvia isto... e engraçado quando me pediram a música fiquei a olhar e sem reconhecer o tema... Esta é uma música de muito poder... quase se poderá apelidar de um grito de revolta... ouçam... e estejam atentos à letra... é fantástica!... concordam?!... Obrigado muito especial pela recomendação deste tema...

terça-feira, 13 de julho de 2010

Voar...


Queria poder voar...
Voar sem nunca o destino recear...
Queria poder voar...
E encontrar o meu porto de abrigo....
O meu refúgio... amparo e protecção...
Queria poder voar..
Ao teu encontro, sem conhecer a velocidade...
E encontrar o lugar onde pudessemos estar....
Sem tempo ou pressa de lá ter que sair...
Queria poder voar de novo para o meu ninho...
E guardar em cada pena as boas recordações...
Do tempo que passamos juntos...
Queria poder voar...
E bem no alto poder o céu tocar...
Ir onde só tu me podes conduzir...
E contigo partilhar o poder de voar...
Queria poder voar...
E ao por-do-sol para ti poder bailar...
Um dança sem nunca ter fim...
Queria poder voar...
E sobre a tua mão poder sempre pousar!...

Voar...


Queria poder voar...
Voar sem nunca o destino recear...
Queria poder voar...
E encontrar o meu porto de abrigo....
O meu refúgio... amparo e protecção...
Queria poder voar..
Ao teu encontro, sem conhecer a velocidade...
E encontrar o lugar onde pudessemos estar....
Sem tempo ou pressa de lá ter que sair...
Queria poder voar de novo para o meu ninho...
E guardar em cada pena as boas recordações...
Do tempo que passamos juntos...
Queria poder voar...
E bem no alto poder o céu tocar...
Ir onde só tu me podes conduzir...
E contigo partilhar o poder de voar...
Queria poder voar...
E ao por-do-sol para ti poder bailar...
Um dança sem nunca ter fim...
Queria poder voar...
E sobre a tua mão poder sempre pousar!...

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Surpresa...


Pois é!... há dois anos atrás nascia aqui o meu menino (expressão que uso para o meu blog)... passaram momentos difíceis... momentos muito felizes... dedicatórias... elogios... enfim... muito daquilo que sou está por aqui escrito... conheci pessoas fantásticas... vive momentos maravilhosos...Não foi tudo bom, como sabem bem recentemente estive com problemas e ponderei acabar com o blog... mas cá estamos todos aqui a celebrar este segundo aniversário!...

Não sou eu que estou de parabéns... quem está de parabéns são todos vós que vão passando por aqui e vão lendo... vão sugerindo... vão criticando... elogiando... a todos agradeço do fundo do meu coração... espero por vós amanhã... e depois... e depois...

OBRIGADO.

Surpresa...


Pois é!... há dois anos atrás nascia aqui o meu menino (expressão que uso para o meu blog)... passaram momentos difíceis... momentos muito felizes... dedicatórias... elogios... enfim... muito daquilo que sou está por aqui escrito... conheci pessoas fantásticas... vive momentos maravilhosos...Não foi tudo bom, como sabem bem recentemente estive com problemas e ponderei acabar com o blog... mas cá estamos todos aqui a celebrar este segundo aniversário!...

Não sou eu que estou de parabéns... quem está de parabéns são todos vós que vão passando por aqui e vão lendo... vão sugerindo... vão criticando... elogiando... a todos agradeço do fundo do meu coração... espero por vós amanhã... e depois... e depois...

OBRIGADO.

domingo, 11 de julho de 2010

Amar...



Quando a escuridão nos envolve...
Ouvimos melhor o que os nossos sentidos nos dizem...
Conhecemos pessoas que seria impensável conhecer...
Criamos laços inconcebíveis de estabelecer...
Vivemos o sonho...
Levitamos no denso ar...
E cá bem no fundo apenas pensamos...
Que simples que é amar!
Amamos o impossível...
Sonhamos com o imaginário...
Será a distância a ponte que nos falta transpor!...
Será a distância a pedra que nos fortalece os sentimentos!...
Amar é muito mais do que sonhar...
É sentir mesmo quando tão longe estamos um do outro...
É saber que não estás bem...
Sentir-te bem perto... mesmo quando estás muito distante...
Amar...
Sei o que é amar...
Quero amar-te...
E tu?...

Amar...



Quando a escuridão nos envolve...
Ouvimos melhor o que os nossos sentidos nos dizem...
Conhecemos pessoas que seria impensável conhecer...
Criamos laços inconcebíveis de estabelecer...
Vivemos o sonho...
Levitamos no denso ar...
E cá bem no fundo apenas pensamos...
Que simples que é amar!
Amamos o impossível...
Sonhamos com o imaginário...
Será a distância a ponte que nos falta transpor!...
Será a distância a pedra que nos fortalece os sentimentos!...
Amar é muito mais do que sonhar...
É sentir mesmo quando tão longe estamos um do outro...
É saber que não estás bem...
Sentir-te bem perto... mesmo quando estás muito distante...
Amar...
Sei o que é amar...
Quero amar-te...
E tu?...

sábado, 10 de julho de 2010

Marcos e Belutti...


Quem me conhece sabe o valor e a importância que dou ao olhar... é no olhar que nos conhecemos e no olhar que para sempre nos recordamos de alguém!... encontrei esta música sobre o olhar e decidi partilhar convosco! espero que gostem...

Marcos e Belutti...


Quem me conhece sabe o valor e a importância que dou ao olhar... é no olhar que nos conhecemos e no olhar que para sempre nos recordamos de alguém!... encontrei esta música sobre o olhar e decidi partilhar convosco! espero que gostem...

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Brilho...


Com um brilho dos teus olhos...
Mergulho nas profundezas...
Subo ao alto das montanhas...
O brilho dos teus olhos seduz-me...
Cativa-me...
Alicia-me...
Revigora-me...
O brilho do teu olhar é luz na minha vida...
É espelho da tua alma...
É chama que me incendeia...
O teu olhar brilha dentro da escuridão da noite...
Ilumina os meus passos...
Passos que dirijo para ti...
Para mais perto os teus olhos de novo poder contemplar!...

Brilho...


Com um brilho dos teus olhos...
Mergulho nas profundezas...
Subo ao alto das montanhas...
O brilho dos teus olhos seduz-me...
Cativa-me...
Alicia-me...
Revigora-me...
O brilho do teu olhar é luz na minha vida...
É espelho da tua alma...
É chama que me incendeia...
O teu olhar brilha dentro da escuridão da noite...
Ilumina os meus passos...
Passos que dirijo para ti...
Para mais perto os teus olhos de novo poder contemplar!...

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Metallica...


Pois é aqui o rapaz também gosta de um pouco de metal... esta música é linda... magnifica... para mim é a melhor música dos Metallica!...

Metallica...


Pois é aqui o rapaz também gosta de um pouco de metal... esta música é linda... magnifica... para mim é a melhor música dos Metallica!...

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Vazio...


Sinto-me perdido...
Sinto-me num vazio...
Procuro descobrir o que é verdadeiro e sentido em mim...
Encontro-te num grande jardim de sentimentos...
Perco-me... 
Na sua imensidão...
Na beleza do teu olhar...
No tatuar da tua mão...
Em tudo o que me faz vibrar e renascer...
E que antes me fazia ter vontade de escrever...
Não quero esta sensação de vazio...
Quero guardar cada passeio nesse jardim...
Viver de forma intensa e real...
E quando um dia for um grande pintor...
Por fim o poder ilustrar...
E ao mundo poder dar...
O verdadeiro sentido do que é amar!...

Vazio...


Sinto-me perdido...
Sinto-me num vazio...
Procuro descobrir o que é verdadeiro e sentido em mim...
Encontro-te num grande jardim de sentimentos...
Perco-me... 
Na sua imensidão...
Na beleza do teu olhar...
No tatuar da tua mão...
Em tudo o que me faz vibrar e renascer...
E que antes me fazia ter vontade de escrever...
Não quero esta sensação de vazio...
Quero guardar cada passeio nesse jardim...
Viver de forma intensa e real...
E quando um dia for um grande pintor...
Por fim o poder ilustrar...
E ao mundo poder dar...
O verdadeiro sentido do que é amar!...

terça-feira, 6 de julho de 2010

Jorge Palma...


Uma música e letra muito belas... caso para dizer... troco tudo por um beijo... tenho pouco para dar... mas daria tudo por o ter de volta!...

Jorge Palma...


Uma música e letra muito belas... caso para dizer... troco tudo por um beijo... tenho pouco para dar... mas daria tudo por o ter de volta!...

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Beijo...



Beijo...
Mais que o desejo de tocar os teus lábios...
Muito mais doce que o néctar mais doce...

Beijo...
Mais que o simples instinto carnal...
Longe de um leviano impulso...

Beijo...
A expressão de uma união...
A vontade que no meio das palavras se fale em silêncio...

Beijo...
Acto apaixonado e puro...
Não escolhe local nem tempo...
Apenas existe...
E ao existir faz-nos sorrir...
Sentir e viver a felicidade...

Beijo...
Faz-nos sentir saudade...
Deixa-nos a lembrança e as memórias...
Sinto a falta do teu beijo...
O doce toque dos teus lábios...

Beijo...



Beijo...
Mais que o desejo de tocar os teus lábios...
Muito mais doce que o néctar mais doce...

Beijo...
Mais que o simples instinto carnal...
Longe de um leviano impulso...

Beijo...
A expressão de uma união...
A vontade que no meio das palavras se fale em silêncio...

Beijo...
Acto apaixonado e puro...
Não escolhe local nem tempo...
Apenas existe...
E ao existir faz-nos sorrir...
Sentir e viver a felicidade...

Beijo...
Faz-nos sentir saudade...
Deixa-nos a lembrança e as memórias...
Sinto a falta do teu beijo...
O doce toque dos teus lábios...

domingo, 4 de julho de 2010

Caetano Veloso...


Uma letra muito forte e apaixonada... um hino aos sonhos de uma vida... ou à vida simplesmente!... Ouçam e vejam as imagens... parecem-me geniais!

Caetano Veloso...


Uma letra muito forte e apaixonada... um hino aos sonhos de uma vida... ou à vida simplesmente!... Ouçam e vejam as imagens... parecem-me geniais!

sábado, 3 de julho de 2010

Se fosse um dia...



Se eu fosse um dia um mês...
Seria o mês de Março...
Onde as flores dão colorido à nossa vida...
E as aves melodia aos nossos ouvidos!...

Se eu fosse um dia uma música...
Seria The Story...
Intensa... forte... poderosa...
Um verdadeiro hino de vida e vigor!

Se eu fosse um dia um sentimento...
Seria a amizade...
Amigos são tesouros que guardamos para sempre...
Amamos e perdemos quem amamos...
Mas para sempre os amigos guardamos!...

Se fosse um dia uma ave...
Seria um falcão...
Forte e astuto...
Voa alto e muito rápido...
Sempre atento e lúcido...

Se fosse um dia o teu olhar...
Seria uma luz brilhante...
Capaz de iluminar a escuridão mais sombria...
E varrer a tristeza...

Se fosse um dia...
Vou lutar para que hoje seja esse dia...
O dia em que os desejos serão verdades...
E as verdades muito mais que meros desejos!...

Se fosse um dia...



Se eu fosse um dia um mês...
Seria o mês de Março...
Onde as flores dão colorido à nossa vida...
E as aves melodia aos nossos ouvidos!...

Se eu fosse um dia uma música...
Seria The Story...
Intensa... forte... poderosa...
Um verdadeiro hino de vida e vigor!

Se eu fosse um dia um sentimento...
Seria a amizade...
Amigos são tesouros que guardamos para sempre...
Amamos e perdemos quem amamos...
Mas para sempre os amigos guardamos!...

Se fosse um dia uma ave...
Seria um falcão...
Forte e astuto...
Voa alto e muito rápido...
Sempre atento e lúcido...

Se fosse um dia o teu olhar...
Seria uma luz brilhante...
Capaz de iluminar a escuridão mais sombria...
E varrer a tristeza...

Se fosse um dia...
Vou lutar para que hoje seja esse dia...
O dia em que os desejos serão verdades...
E as verdades muito mais que meros desejos!...

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Full Blown Rose...


O tema que dá imagem a uma série que deixou de estar no ar... um apelo e chamamento que muitas vezes devemos fazer a nós próprios!... É tempo de fazer apelo e reunião das forças... e move on...

Full Blown Rose...


O tema que dá imagem a uma série que deixou de estar no ar... um apelo e chamamento que muitas vezes devemos fazer a nós próprios!... É tempo de fazer apelo e reunião das forças... e move on...

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Tru Calling...



Neste chão quente onde me sento...
Olho em redor...
Pequenas poeiras procuram o seu lugar neste chão...
Preenchem espaços vazios...
Ocupam lugares cheios de nada!...
O cinzento e escuridão que me rodeiam...
Prendem-me a este chão...
Acorrentado que me sinto...
Ergo os olhos para o alto...
Procuro forças para erguer os olhos...
Mais que isso erguer o corpo...
E com o corpo erguer o eu que entre as poeiras se esconde!...
Sinto-me chamar por mim...
Procuro em mim essa voz...
De onde vem!?...
E porque é que grita neste momento?!...
Questões cujas respostas são claras como a água...
Sinto o apelo a erguer-me...
Fincar os punhos no chão...
E responder a este apelo...

Tru Calling...



Neste chão quente onde me sento...
Olho em redor...
Pequenas poeiras procuram o seu lugar neste chão...
Preenchem espaços vazios...
Ocupam lugares cheios de nada!...
O cinzento e escuridão que me rodeiam...
Prendem-me a este chão...
Acorrentado que me sinto...
Ergo os olhos para o alto...
Procuro forças para erguer os olhos...
Mais que isso erguer o corpo...
E com o corpo erguer o eu que entre as poeiras se esconde!...
Sinto-me chamar por mim...
Procuro em mim essa voz...
De onde vem!?...
E porque é que grita neste momento?!...
Questões cujas respostas são claras como a água...
Sinto o apelo a erguer-me...
Fincar os punhos no chão...
E responder a este apelo...