terça-feira, 13 de julho de 2010

Voar...


Queria poder voar...
Voar sem nunca o destino recear...
Queria poder voar...
E encontrar o meu porto de abrigo....
O meu refúgio... amparo e protecção...
Queria poder voar..
Ao teu encontro, sem conhecer a velocidade...
E encontrar o lugar onde pudessemos estar....
Sem tempo ou pressa de lá ter que sair...
Queria poder voar de novo para o meu ninho...
E guardar em cada pena as boas recordações...
Do tempo que passamos juntos...
Queria poder voar...
E bem no alto poder o céu tocar...
Ir onde só tu me podes conduzir...
E contigo partilhar o poder de voar...
Queria poder voar...
E ao por-do-sol para ti poder bailar...
Um dança sem nunca ter fim...
Queria poder voar...
E sobre a tua mão poder sempre pousar!...

Sem comentários: