terça-feira, 12 de outubro de 2010

Eternidade...



Eternidade...
A imensidão que fica para lá do desconhecido...
A luz que brilha mesmo quando tudo o resto se extingue...
A eternidade que invade o meu ser...
Um ser repleto de emoções...
De amores e saudades...
Eternidade...
Essa marcha lenta do relógio...
A sinuosa e instintiva corrida...
Querer chegar de onde por vezes nunca saímos...
A essência e o querer de ser eterno...
Cabe-nos na palma da mão...
Somos pequenos no eterno...
Embora guardando em nós eternamente...
Levamos aqueles que amamos...
Eternidade...
A estrada que queremos seguir...
O estreito que nos impede de chegar à felicidade...
Eterno tudo o que no coração guardamos...
O amor platónico que vivemos...
A entrega sempre plena e total...
Eternidade...
Aquela que nos mostra a realidade...
Nesta vida e caminho de verdade!...

Sem comentários: