terça-feira, 30 de novembro de 2010

Abraço...



Abraço o teu corpo desnudado...
Sinto o teu calor queimar a minha pele...
Não me afasto... 
Quero arder nesse calor...
Sentir os lábios secar de prazer...
O corpo arquear de desejo...
Abro o meu coração para ti...
Sinto-te entrar nele...
Acendes de novo a chama do amor...
Quero-te...
Desejo-te...
Provar o teu néctar...
Beber do teu cálice...
Embebedar-me no teu amor...
Deixar os nossos corpos libertos de pudor...
E simplesmente viver a vida com este calor...
Que me faz viver...
Me leva a sentir...
E me faz pedir...
Que amanhã sinta de novo o teu calor...
A tua chama descontrolar a minha...
Que perca o controlo e sejamos descontrolados!...
No calor do nosso abraço...
Sinto o desejo...
A vontade...
De contigo caminhar...
Seguindo trilho nunca antes traçado...
Apenas dando a cada dia um novo passo!...

Abraço...



Abraço o teu corpo desnudado...
Sinto o teu calor queimar a minha pele...
Não me afasto... 
Quero arder nesse calor...
Sentir os lábios secar de prazer...
O corpo arquear de desejo...
Abro o meu coração para ti...
Sinto-te entrar nele...
Acendes de novo a chama do amor...
Quero-te...
Desejo-te...
Provar o teu néctar...
Beber do teu cálice...
Embebedar-me no teu amor...
Deixar os nossos corpos libertos de pudor...
E simplesmente viver a vida com este calor...
Que me faz viver...
Me leva a sentir...
E me faz pedir...
Que amanhã sinta de novo o teu calor...
A tua chama descontrolar a minha...
Que perca o controlo e sejamos descontrolados!...
No calor do nosso abraço...
Sinto o desejo...
A vontade...
De contigo caminhar...
Seguindo trilho nunca antes traçado...
Apenas dando a cada dia um novo passo!...

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Amar...



Amar... é cuidar de quem mais gostamos...
Querer o seu bem estar...
O seu sorriso permanente...
As palavras doces expressão de felicidade...
Amar... é mimar carinhosamente...
Fazer sentir as suaves carícias...
Sussurrar junto do teu ouvido...
Abraçar o teu corpo como um tesouro...
Amar... é desejar...
O teu corpo...
A tua entrega...
A tua companhia permanente...
Amar... é querer mais e mais...
Sentindo a satisfação e a felicidade...
A alegria crescer no interior do meu peito...
A vontade de gritar ao mundo o teu nome...
Amar... é...
Mais do que olharmos apenas um para o outro...
É cruzarmos o nosso olhar no horizonte comum...
Observando o pôr-do-sol...
Amar...
Muito mais do que as palavras possam sentir...
São os sentimentos que nos fazem sorrir...
Aquele sorriso estúpido que não sabemos esconder...
Que não queremos fazer desaparecer...
Amar é a força que faz mover o mundo...
A energia que sustenta os mais fracos...
O poder dos mais fortes e apaixonados!...

Amar...



Amar... é cuidar de quem mais gostamos...
Querer o seu bem estar...
O seu sorriso permanente...
As palavras doces expressão de felicidade...
Amar... é mimar carinhosamente...
Fazer sentir as suaves carícias...
Sussurrar junto do teu ouvido...
Abraçar o teu corpo como um tesouro...
Amar... é desejar...
O teu corpo...
A tua entrega...
A tua companhia permanente...
Amar... é querer mais e mais...
Sentindo a satisfação e a felicidade...
A alegria crescer no interior do meu peito...
A vontade de gritar ao mundo o teu nome...
Amar... é...
Mais do que olharmos apenas um para o outro...
É cruzarmos o nosso olhar no horizonte comum...
Observando o pôr-do-sol...
Amar...
Muito mais do que as palavras possam sentir...
São os sentimentos que nos fazem sorrir...
Aquele sorriso estúpido que não sabemos esconder...
Que não queremos fazer desaparecer...
Amar é a força que faz mover o mundo...
A energia que sustenta os mais fracos...
O poder dos mais fortes e apaixonados!...

domingo, 28 de novembro de 2010

Tudo por...


Mais uma grande música em português... apreciem... este tema está associado também ao cinema português... na vida vale tudo por um beijo... aquele beijo que nos faz sonhar e voar!

Tudo por...


Mais uma grande música em português... apreciem... este tema está associado também ao cinema português... na vida vale tudo por um beijo... aquele beijo que nos faz sonhar e voar!

sábado, 27 de novembro de 2010

Grande tema...


Vamos fazer o que ainda não foi feito... mais um grande tema... um grande poema deste grande artista português! Parabéns para o Pedro Abrunhosa... esta música está simplesmente genial... espero que a apreciem tanto como eu!

Já agora apreciem bem o flash de imagens... está maravilhoso!

Grande tema...


Vamos fazer o que ainda não foi feito... mais um grande tema... um grande poema deste grande artista português! Parabéns para o Pedro Abrunhosa... esta música está simplesmente genial... espero que a apreciem tanto como eu!

Já agora apreciem bem o flash de imagens... está maravilhoso!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Luz...



Esse brilho que irradia da tua pele...
O clarão que cega o meu olhar...
O piscar cintilante que alegra o meu coração...
Assim é o teu brilhar...
A luz que me aquece...
Aquela que me faz caminhar na escuridão...
Ansiando o fim do túnel...
E lá te poder encontrar...
És a luz dos meus olhos...
Tu és mais brilhante que as estrelas...
Fazendo a lua desaparecer de inveja do teu brilho...
És luz... calor... 
És a fonte de paixão onde quero mergulhar...
A luz sempre presente que ilumina os meus dias...
O brilho que me faz sorrir...
A claridade que me faz sentir...
És a luz que me acende e faz brilhar!... 

Luz...



Esse brilho que irradia da tua pele...
O clarão que cega o meu olhar...
O piscar cintilante que alegra o meu coração...
Assim é o teu brilhar...
A luz que me aquece...
Aquela que me faz caminhar na escuridão...
Ansiando o fim do túnel...
E lá te poder encontrar...
És a luz dos meus olhos...
Tu és mais brilhante que as estrelas...
Fazendo a lua desaparecer de inveja do teu brilho...
És luz... calor... 
És a fonte de paixão onde quero mergulhar...
A luz sempre presente que ilumina os meus dias...
O brilho que me faz sorrir...
A claridade que me faz sentir...
És a luz que me acende e faz brilhar!... 

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Amor...




O amor nasce de um sorriso...
Aquele brilho que fica no olhar...
O amor nasce de um beijo...
Aquela doçura que fica nos lábios...
O amor cresce de sorriso em sorriso...
Rosto de felicidade e de satisfação...
O amor cresce de beijo em beijo...
Aumentando a sede de tocar os teus lábios...
O amor alimenta-se de um carinho...
De um mimo... de uma carícia...
O amor alimenta-se dos nossos corpos...
Do fogo que os incendeia...
O amor ressuscita na verdade...
Nas palavras sinceras que sempre trocamos...
O amor ressuscita de um perdão...
Aquela que sempre esperamos nunca precisar...
O amor nasce... cresce... alimenta-se e ressuscita em nós...
No que somos um para o outro...
Na partilha que fazemos do que somos e de onde queremos chegar!...

Amor...




O amor nasce de um sorriso...
Aquele brilho que fica no olhar...
O amor nasce de um beijo...
Aquela doçura que fica nos lábios...
O amor cresce de sorriso em sorriso...
Rosto de felicidade e de satisfação...
O amor cresce de beijo em beijo...
Aumentando a sede de tocar os teus lábios...
O amor alimenta-se de um carinho...
De um mimo... de uma carícia...
O amor alimenta-se dos nossos corpos...
Do fogo que os incendeia...
O amor ressuscita na verdade...
Nas palavras sinceras que sempre trocamos...
O amor ressuscita de um perdão...
Aquela que sempre esperamos nunca precisar...
O amor nasce... cresce... alimenta-se e ressuscita em nós...
No que somos um para o outro...
Na partilha que fazemos do que somos e de onde queremos chegar!...

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Conchinha...



Hoje...
... vamos fazer a concha a dois...
... vamos fazer o que ainda não foi feito...
... vamos dar expressão aos pensamentos e soltar as emoções...
... vamos viajar no corpo um do outro...
... vamos voar bem alto...
... vamos ser um do outro...
... vamos deixar o nosso grito de prazer para o mundo ouvir...
... vamos pintar o céu com a nossa alegria...
... vamos encher os oceanos com a nossa felicidade...
... vamos viver...
... vamos ser felizes!...

Conchinha...



Hoje...
... vamos fazer a concha a dois...
... vamos fazer o que ainda não foi feito...
... vamos dar expressão aos pensamentos e soltar as emoções...
... vamos viajar no corpo um do outro...
... vamos voar bem alto...
... vamos ser um do outro...
... vamos deixar o nosso grito de prazer para o mundo ouvir...
... vamos pintar o céu com a nossa alegria...
... vamos encher os oceanos com a nossa felicidade...
... vamos viver...
... vamos ser felizes!...

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Palavras...



Mais do que o que as palavras possam dizer...
Olha-me nos olhos e lê...
Tudo o que te estou a dar a conhecer...
Sente cada letra...
Cada palavra...
Frase...
Que de mim se transfere para ti...
Sente a tua presença em mim...
Sente a alegria que me fazes viver...
Por muito que possa escrever...
Não posso expressar o que é sentir...
Cada segundo passado contigo...
Vale uma eternidade...
Não é o tempo que estamos juntos que faz a diferença...
Mas a intensidade com que o vivemos!...

Palavras...



Mais do que o que as palavras possam dizer...
Olha-me nos olhos e lê...
Tudo o que te estou a dar a conhecer...
Sente cada letra...
Cada palavra...
Frase...
Que de mim se transfere para ti...
Sente a tua presença em mim...
Sente a alegria que me fazes viver...
Por muito que possa escrever...
Não posso expressar o que é sentir...
Cada segundo passado contigo...
Vale uma eternidade...
Não é o tempo que estamos juntos que faz a diferença...
Mas a intensidade com que o vivemos!...

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Adeus...



Mais cedo que o tempo previa...
Ou tempo demais para acontecer...
Hoje é tempo de dizer adeus...
Deixar de querer compreender...
E preparar para poder viver!...
Depois do adeus...
Não há mais nada...
Apenas seguir a estrada pela madrugada...
Rumando com um único objectivo...
Seguindo a estrada da felicidade!...
Guiado pelas linhas da verdade!...

Adeus...



Mais cedo que o tempo previa...
Ou tempo demais para acontecer...
Hoje é tempo de dizer adeus...
Deixar de querer compreender...
E preparar para poder viver!...
Depois do adeus...
Não há mais nada...
Apenas seguir a estrada pela madrugada...
Rumando com um único objectivo...
Seguindo a estrada da felicidade!...
Guiado pelas linhas da verdade!...

domingo, 21 de novembro de 2010

Almas Gémeas...



O meu abrigo és tu!... E sempre que te sentires só... eu estou aí contigo!

Almas Gémeas...



O meu abrigo és tu!... E sempre que te sentires só... eu estou aí contigo!

sábado, 20 de novembro de 2010

Macy Grey...


Quando eu te vejo tudo o resto deixa de fazer sentido... apenas existo eu e tu... existimos nós!

Macy Grey...


Quando eu te vejo tudo o resto deixa de fazer sentido... apenas existo eu e tu... existimos nós!

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Quero-te...




Quero-te... e quero-te em mim...
Nos sonhos que sonhamos...
Nos pensamentos que partilhamos...
Nas viagens que fazemos...
Quero-te nestas mãos que te acariciam...
Nestes olhos cerrados que te imaginam...
Nos lábios que desejam provar-te...
E nos ouvidos que adoram escutar-te!
Quero-te no branco destes lençóis...
Na suavidade das brancas pétalas...
No doce favo de mel...
Na tempestade deste mar poderoso...
Quero-te perto de mim...
Onde facilmente te possa alcançar...
E quando menos esperares te beijar...
Onde com delicadeza o teu cabelo possa tocar!...
Quero-te onde te possa ver...
Falar contigo para te conhecer...
Abraçar-te quando nos apetecer...
E ver as estrelas ao escurecer...
Quero-te porque me fazes sorrir...
Porque me fazes sentir...

Quero-te...




Quero-te... e quero-te em mim...
Nos sonhos que sonhamos...
Nos pensamentos que partilhamos...
Nas viagens que fazemos...
Quero-te nestas mãos que te acariciam...
Nestes olhos cerrados que te imaginam...
Nos lábios que desejam provar-te...
E nos ouvidos que adoram escutar-te!
Quero-te no branco destes lençóis...
Na suavidade das brancas pétalas...
No doce favo de mel...
Na tempestade deste mar poderoso...
Quero-te perto de mim...
Onde facilmente te possa alcançar...
E quando menos esperares te beijar...
Onde com delicadeza o teu cabelo possa tocar!...
Quero-te onde te possa ver...
Falar contigo para te conhecer...
Abraçar-te quando nos apetecer...
E ver as estrelas ao escurecer...
Quero-te porque me fazes sorrir...
Porque me fazes sentir...

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Gosto...



Gosto de me sentir assim...
Poder sorrir sem procurar uma razão para o fazer...
Sentir o coração bater mais forte...
Arder com o sangue a ferver dentro das minhas veias...
Gosto de ti...
De ter vontade de voar...
De ser capaz de sonhar...
De poder desejar!...
Gosto de sentir...
O pleno viver dentro de mim...
O desejo que cresce quando tu estás presente...
A vontade de contigo estar permanentemente...
Gosto de poder dizer...
Podia viver sem ti...
Mas sou muito mais feliz contigo!...
Gosto de poder sentir...
Que entraste na minha vida com passos delicados...
E que agora corremos juntos...
Rumando ao infinito e mais além!...
Gosto de ti...
E tudo se resume a tudo o que me fazes sentir...
Às saudades de quando não te vejo...
Às vezes que por segundo penso em ti...
Gosto...
Simplesmente gosto...
Poder viver!...
Se o podia fazer sem ti... 
Podia...
Mas contigo a vida tem muito mais sentido!...

Gosto...



Gosto de me sentir assim...
Poder sorrir sem procurar uma razão para o fazer...
Sentir o coração bater mais forte...
Arder com o sangue a ferver dentro das minhas veias...
Gosto de ti...
De ter vontade de voar...
De ser capaz de sonhar...
De poder desejar!...
Gosto de sentir...
O pleno viver dentro de mim...
O desejo que cresce quando tu estás presente...
A vontade de contigo estar permanentemente...
Gosto de poder dizer...
Podia viver sem ti...
Mas sou muito mais feliz contigo!...
Gosto de poder sentir...
Que entraste na minha vida com passos delicados...
E que agora corremos juntos...
Rumando ao infinito e mais além!...
Gosto de ti...
E tudo se resume a tudo o que me fazes sentir...
Às saudades de quando não te vejo...
Às vezes que por segundo penso em ti...
Gosto...
Simplesmente gosto...
Poder viver!...
Se o podia fazer sem ti... 
Podia...
Mas contigo a vida tem muito mais sentido!...

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Intenso...




Intenso esse brilho no teu olhar...
Que me cega e não deixa desviar de ti o meu...
Intenso o aroma que emana da tua pele...
Marcando a minha como um ferro em brasa...
Intenso o teu quente e delicado beijo...
Que incendeia cada célula do meu corpo desejoso do teu!...
Intenso o bater do meu coração...
Quando junto a ti se encontra...
Intenso...
Intenso este sentir que em mim despertaste...
Que em mim incendiaste...
Que a ti faz desejar..
Querendo mais... e mais...
Intenso e profundo este sentir...
Onde o tempo não tem lugar...
E qualquer lugar será sempre o paraíso!...
Intensa...
A forma como na minha vida entraste...
E a felicidade que nela semeaste!...

Intenso...




Intenso esse brilho no teu olhar...
Que me cega e não deixa desviar de ti o meu...
Intenso o aroma que emana da tua pele...
Marcando a minha como um ferro em brasa...
Intenso o teu quente e delicado beijo...
Que incendeia cada célula do meu corpo desejoso do teu!...
Intenso o bater do meu coração...
Quando junto a ti se encontra...
Intenso...
Intenso este sentir que em mim despertaste...
Que em mim incendiaste...
Que a ti faz desejar..
Querendo mais... e mais...
Intenso e profundo este sentir...
Onde o tempo não tem lugar...
E qualquer lugar será sempre o paraíso!...
Intensa...
A forma como na minha vida entraste...
E a felicidade que nela semeaste!...

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Beijo...



O beijo...
O gesto criado pelos inteligentes...
Silencia as palavras...
Alimenta o desejo...
Faz transbordar a alegria e felicidade!...
Quando as palavras deixam de ser necessárias...
Quando o toque dos teus lábios me conta segredos...
Assim nasce o beijo...
O silêncio impera e nada mais precisa ser dito!!

Beijo...



O beijo...
O gesto criado pelos inteligentes...
Silencia as palavras...
Alimenta o desejo...
Faz transbordar a alegria e felicidade!...
Quando as palavras deixam de ser necessárias...
Quando o toque dos teus lábios me conta segredos...
Assim nasce o beijo...
O silêncio impera e nada mais precisa ser dito!!

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Ansiedade...




Os movimentos desorganizados e descontrolados...
Quando o impensável se torna realidade...
Os minutos são sempre imensos para o quer que seja...
Assim se desenha a ansiedade...
O desejo que algo de bom aconteça...
O nervoso miudinho e desconcertante...
A vontade crescente dentro do peito capaz de explodir...
Assim se sente a ansiedade...
Tu chegas e tudo parece parar no tempo...
O espaço à nossa volta deixa de ter significado...
Apenas o teu olhar concentra a minha atenção...
Assim se degola a ansiedade...
Dando espaço à liberdade...
Das palavras...
Dos gestos...
Dos olhares...
A tranquilidade reina e embala-nos...
O coração bate mais forte e veloz!
Como podes tu desconcertar-me em tão pouco tempo!?...
Como pode o tempo e o espaço deixarem de ter significado!?...
O que dizer...
O que pensar...
Enfim... o que meditar...
De nada adianta pensar...
Dizer...
Ou mesmo meditar!...
Resta pois sentir e viver este estado de felicidade!...

Ansiedade...




Os movimentos desorganizados e descontrolados...
Quando o impensável se torna realidade...
Os minutos são sempre imensos para o quer que seja...
Assim se desenha a ansiedade...
O desejo que algo de bom aconteça...
O nervoso miudinho e desconcertante...
A vontade crescente dentro do peito capaz de explodir...
Assim se sente a ansiedade...
Tu chegas e tudo parece parar no tempo...
O espaço à nossa volta deixa de ter significado...
Apenas o teu olhar concentra a minha atenção...
Assim se degola a ansiedade...
Dando espaço à liberdade...
Das palavras...
Dos gestos...
Dos olhares...
A tranquilidade reina e embala-nos...
O coração bate mais forte e veloz!
Como podes tu desconcertar-me em tão pouco tempo!?...
Como pode o tempo e o espaço deixarem de ter significado!?...
O que dizer...
O que pensar...
Enfim... o que meditar...
De nada adianta pensar...
Dizer...
Ou mesmo meditar!...
Resta pois sentir e viver este estado de felicidade!...

domingo, 14 de novembro de 2010

Rita Redshoes...



Adoro esta música... claro que a melhor escolha passa sempre pelo Amor... é ele que move montanhas... faz viajar até ao fim do mundo... é a força que move o MUNDO!!!

Rita Redshoes...



Adoro esta música... claro que a melhor escolha passa sempre pelo Amor... é ele que move montanhas... faz viajar até ao fim do mundo... é a força que move o MUNDO!!!

sábado, 13 de novembro de 2010

Killing me softly...



Deixo aqui uma música magnifica para ser ouvida a dois o local romântico escolham vocês!!... Uma música para abrir o fim de semana em grande!

Killing me softly...



Deixo aqui uma música magnifica para ser ouvida a dois o local romântico escolham vocês!!... Uma música para abrir o fim de semana em grande!

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Sinto...



Quando fecho os olhos...
A minha imaginação voa até ti...
Sinto-te...
Sinto cada traço do teu corpo...
Um sussurro no meu ouvido...
Quando fecho os olhos...
Observo o mundo através dos teus...
Sinto o coração bater mais forte...
Sinto o teu rosto tocar no meu...
Os teus olhos de doce mel observando-me...
Sinto os teus lábios ansiando tocar os meus...
E mesmo de olhos fechados e sem saber...
Oriento os meus passos para junto dos teus!...

Sinto...



Quando fecho os olhos...
A minha imaginação voa até ti...
Sinto-te...
Sinto cada traço do teu corpo...
Um sussurro no meu ouvido...
Quando fecho os olhos...
Observo o mundo através dos teus...
Sinto o coração bater mais forte...
Sinto o teu rosto tocar no meu...
Os teus olhos de doce mel observando-me...
Sinto os teus lábios ansiando tocar os meus...
E mesmo de olhos fechados e sem saber...
Oriento os meus passos para junto dos teus!...

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Quando te vi...



Quando eu te vi...
Tu sorriste para mim...
E com passos subtis te aproximaste...
Os nossos olhos tocaram-se...
E os pensamentos voaram...
Inexplicavelmente...
Quando eu ti vi pela primeira vez...
As palavras ganharam voz...
As imagens construíram o rosto!...
Senti o coração tremer...
Tão forte como o desejo de te ver...
Quando eu te vi...
Tu sorriste para mim...
Não sem explicar o que senti...
Mas o mundo ficou muito melhor assim!...

Quando te vi...



Quando eu te vi...
Tu sorriste para mim...
E com passos subtis te aproximaste...
Os nossos olhos tocaram-se...
E os pensamentos voaram...
Inexplicavelmente...
Quando eu ti vi pela primeira vez...
As palavras ganharam voz...
As imagens construíram o rosto!...
Senti o coração tremer...
Tão forte como o desejo de te ver...
Quando eu te vi...
Tu sorriste para mim...
Não sem explicar o que senti...
Mas o mundo ficou muito melhor assim!...

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Sorriso...




Sorriso...
O gesto mais natural...
A marca pessoal de todos nós...
Um sorriso doce e malandro...
Cativante e sedutor...
Com o teu sorriso me seduziste...
Deixaste a tua marca no meu olhar...
O sorriso é involuntário...
É intransmissível...
E tantas vezes inexplicável!...
Apenas sorrimos se nos sentimos bem...
Sorrimos quando nos fazem sentir bem...
O sorriso...
O pequeno passo para o paraíso!...

Sorriso...




Sorriso...
O gesto mais natural...
A marca pessoal de todos nós...
Um sorriso doce e malandro...
Cativante e sedutor...
Com o teu sorriso me seduziste...
Deixaste a tua marca no meu olhar...
O sorriso é involuntário...
É intransmissível...
E tantas vezes inexplicável!...
Apenas sorrimos se nos sentimos bem...
Sorrimos quando nos fazem sentir bem...
O sorriso...
O pequeno passo para o paraíso!...

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Feliz...



Feliz...
Sei que sou feliz..
Não pelo número de vezes que sorrio no meu dia...
Mas pela forma como te faço sorrir...
Sou feliz não porque me sinto capaz de voar sobre as nuvens...
Mas porque te deixo sentir coisas inexplicáveis...
Feliz sou quando abro os braços ao alto...
Liberto o meu peito...
E deixo os meus dedos tocarem nestas teclas!...
Sinto-me feliz como não sentia à muito tempo...

Feliz...



Feliz...
Sei que sou feliz..
Não pelo número de vezes que sorrio no meu dia...
Mas pela forma como te faço sorrir...
Sou feliz não porque me sinto capaz de voar sobre as nuvens...
Mas porque te deixo sentir coisas inexplicáveis...
Feliz sou quando abro os braços ao alto...
Liberto o meu peito...
E deixo os meus dedos tocarem nestas teclas!...
Sinto-me feliz como não sentia à muito tempo...

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Inexplicável...



Saudade...
Inexplicável sentimento...
Incomparável forma de expressar o que sentimos...
Saudade...
A forma como a ti cheguei...
Como se explica o que não precisa ser explicado...
Como se vive o que parece impossível de ser vivido!...
Inexplicável...
A vida é uma estrada de mistério...
Uma rota de descobertas...
A vida vive-se... não se explica... não se compreende...
Vivendo atingimos o inexplicável...
Desejamos o impensável...
Sonhamos com o incomparável!...
Como te posso explicar como me sinto...
Dizer-te que sinto saudade...
E que de forma inexplicável me sinto vivo!...
Sorrindo desde o amanhecer ao anoitecer...
Pensando apenas em ti!...
Sonhando nas tuas palavras...
Inexplicável!...

Inexplicável...



Saudade...
Inexplicável sentimento...
Incomparável forma de expressar o que sentimos...
Saudade...
A forma como a ti cheguei...
Como se explica o que não precisa ser explicado...
Como se vive o que parece impossível de ser vivido!...
Inexplicável...
A vida é uma estrada de mistério...
Uma rota de descobertas...
A vida vive-se... não se explica... não se compreende...
Vivendo atingimos o inexplicável...
Desejamos o impensável...
Sonhamos com o incomparável!...
Como te posso explicar como me sinto...
Dizer-te que sinto saudade...
E que de forma inexplicável me sinto vivo!...
Sorrindo desde o amanhecer ao anoitecer...
Pensando apenas em ti!...
Sonhando nas tuas palavras...
Inexplicável!...

domingo, 7 de novembro de 2010

Pedro Abrunhosa...




O Pedro hoje passou aqui pelo blog e deixou um beijo a quem lê... espero que apreciem este poema acompanhado simplesmente pela teclas de um piano... diria que a voz dos poetas... o piano... sonoridade inigualável!

Pedro Abrunhosa...




O Pedro hoje passou aqui pelo blog e deixou um beijo a quem lê... espero que apreciem este poema acompanhado simplesmente pela teclas de um piano... diria que a voz dos poetas... o piano... sonoridade inigualável!

sábado, 6 de novembro de 2010

Paradise Lost


Hoje trago um som totalmente diferente de tudo o que já se ouviu ou poderá ouvir por aqui... ao ir ao youtube pesquisar uma música deparei-me como uma mistura tão díspar de sonoridades... ouvir a voz rouca com laços da voz suave e feminina... toda a mistura construída... Confesso que ouço muito pouco deste estilo musical... mas abri uma porta... adorei também as imagens que acompanham a música!... e vocês o que acham?!...

Paradise Lost


Hoje trago um som totalmente diferente de tudo o que já se ouviu ou poderá ouvir por aqui... ao ir ao youtube pesquisar uma música deparei-me como uma mistura tão díspar de sonoridades... ouvir a voz rouca com laços da voz suave e feminina... toda a mistura construída... Confesso que ouço muito pouco deste estilo musical... mas abri uma porta... adorei também as imagens que acompanham a música!... e vocês o que acham?!...

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Teia...




De pequenos fios feita...
De fragilidade construída...
Assim nasce uma teia...
Uma ligação e união fortalecida!...
Nasce do centro e abre-se para o mundo...
Como a vida deve ser...
De pequenos pontos nela situados...
Construindo uma larga teia...
Em laços de amizade edificada!...

Teia...




De pequenos fios feita...
De fragilidade construída...
Assim nasce uma teia...
Uma ligação e união fortalecida!...
Nasce do centro e abre-se para o mundo...
Como a vida deve ser...
De pequenos pontos nela situados...
Construindo uma larga teia...
Em laços de amizade edificada!...

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Atrevido...



Atrevido...
Esse teu jeito de me olhar...
Esse jeito doce de andar...
Essa estranha forma de amar...
Atrevido...
O meu jeito de escrever...
O meu desejo de conhecer...
A minha vontade de te ver!...
Atrevida...
A forma de escolher cada imagem...
A vontade de te amar em plena paisagem...
A imagem de contigo fazer uma viagem!...
Atrevidos...
Fomos nós desafiando as distâncias...
Somos na forma como vivemos nossas vivas...
Fomos desde o dia em que nos conhecemos!...
Atrevido...
Sou eu...
És tu...
Atrevido este meu coração que bate no peito...
Ansiando por te voltar a ver bem perto!...

Atrevido...



Atrevido...
Esse teu jeito de me olhar...
Esse jeito doce de andar...
Essa estranha forma de amar...
Atrevido...
O meu jeito de escrever...
O meu desejo de conhecer...
A minha vontade de te ver!...
Atrevida...
A forma de escolher cada imagem...
A vontade de te amar em plena paisagem...
A imagem de contigo fazer uma viagem!...
Atrevidos...
Fomos nós desafiando as distâncias...
Somos na forma como vivemos nossas vivas...
Fomos desde o dia em que nos conhecemos!...
Atrevido...
Sou eu...
És tu...
Atrevido este meu coração que bate no peito...
Ansiando por te voltar a ver bem perto!...

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Saudade...



Saudade...
Daquele pequeno gesto...
Daquele doce toque...
Saudade...
Sentimento que mostra que estamos vivos...
Sentimento que nos mostra o quanto gostamos de alguém!
Saudade...
Chega sempre depois da felicidade...
E muito amiga da cumplicidade...
Saudade sinto eu...
Saudade sentes tu...
Quem não sente saudade?!...

Saudade...



Saudade...
Daquele pequeno gesto...
Daquele doce toque...
Saudade...
Sentimento que mostra que estamos vivos...
Sentimento que nos mostra o quanto gostamos de alguém!
Saudade...
Chega sempre depois da felicidade...
E muito amiga da cumplicidade...
Saudade sinto eu...
Saudade sentes tu...
Quem não sente saudade?!...

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Amarra-me...



Amarra bem forte o teu corpo junto do meu...
Deixa-me sentir-te entrar na minha pele...
Tocar cada ponto do teu corpo...
Sentir cada célula do teu abraço...
Amarra-me com teu corpo...
Prende o meu...
Não o libertes para longe de ti...
Dá-me a sentir a tua respiração...
Calmamente suspirando no meu ombro...
Deixa-me provar-te...
Quero-te a amarrar-me...
Sentir o teu corpo...
Amar o teu corpo...
Amarra-me...
Olha-me nos olhos...
Arde comigo neste fogo insaciável!...

Amarra-me...



Amarra bem forte o teu corpo junto do meu...
Deixa-me sentir-te entrar na minha pele...
Tocar cada ponto do teu corpo...
Sentir cada célula do teu abraço...
Amarra-me com teu corpo...
Prende o meu...
Não o libertes para longe de ti...
Dá-me a sentir a tua respiração...
Calmamente suspirando no meu ombro...
Deixa-me provar-te...
Quero-te a amarrar-me...
Sentir o teu corpo...
Amar o teu corpo...
Amarra-me...
Olha-me nos olhos...
Arde comigo neste fogo insaciável!...

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Solta-me...



Solta-me...
Liberta as minhas mãos...
Para que com todo o desejo possa agarrar a tua carne...
Solta-me...
Liberta o meu corpo...
Para que com toda a ânsia sacie o meu prazer...
Solta-me...
Liberta a minha língua...
Para que possa incendiar o teu corpo através do teu ouvido...
Liberta a minha língua...
Para que com toda a intenção prove o teu doce néctar!...
Solta-me...
Liberta a minha escrita...
Para que nestas palavras te deseje...
Solta-me...
Liberta a minha escrita...
Para que nestas palavras arda em todo o prazer!...

Solta-me...



Solta-me...
Liberta as minhas mãos...
Para que com todo o desejo possa agarrar a tua carne...
Solta-me...
Liberta o meu corpo...
Para que com toda a ânsia sacie o meu prazer...
Solta-me...
Liberta a minha língua...
Para que possa incendiar o teu corpo através do teu ouvido...
Liberta a minha língua...
Para que com toda a intenção prove o teu doce néctar!...
Solta-me...
Liberta a minha escrita...
Para que nestas palavras te deseje...
Solta-me...
Liberta a minha escrita...
Para que nestas palavras arda em todo o prazer!...