quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Amor...




O amor nasce de um sorriso...
Aquele brilho que fica no olhar...
O amor nasce de um beijo...
Aquela doçura que fica nos lábios...
O amor cresce de sorriso em sorriso...
Rosto de felicidade e de satisfação...
O amor cresce de beijo em beijo...
Aumentando a sede de tocar os teus lábios...
O amor alimenta-se de um carinho...
De um mimo... de uma carícia...
O amor alimenta-se dos nossos corpos...
Do fogo que os incendeia...
O amor ressuscita na verdade...
Nas palavras sinceras que sempre trocamos...
O amor ressuscita de um perdão...
Aquela que sempre esperamos nunca precisar...
O amor nasce... cresce... alimenta-se e ressuscita em nós...
No que somos um para o outro...
Na partilha que fazemos do que somos e de onde queremos chegar!...

2 comentários:

Phiona disse...

olá caroteno,

quero apenas dar-lhe os meus parabéns pela sua escrita, pelo sentimento e emoção das suas palavras.
gosto muito de ler este blogue! identifico-me e muitas vezes encontro aqui algumas expçicações para sentimentos meus que nem eu compreendo!

bjinhos :)

Caroteno disse...

Olá Phiona,

Obrigado pelo acompanhamento que tens feito, pois pelo que leio nas tuas palavras não é apenas de agora que lês aqui o blog...

bjx e volta sempre...