quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Para ti...



Para ti...
Eu dirijo os meus passos...
Lanço os meus olhares...
Vocifero doces palavras...
Por ti...
Percorro as linhas de pensamento...
Busco-te no meu interior...
Elevo-te no interior do meu ser...
Em ti...
Vivo a felicidade...
No seio desta nossa cumplicidade...
Sempre guardada pela mais pura da verdade...
Nas tuas mãos meu coração deposito...
Entrego-te o meu bem mais precioso...
Para que o possas amar...
E a ele o teu ser dedicar...
Para ti desejo estas palavras...
Para que nelas possas ler-te...
Nelas te possas encontrar...
Meditar...
Apaixonar!...
Para ti eu escrevo...
Talvez mais do que devo...
Mas o meu coração manda continuar...
Pois não consegue parar de te amar!...

Sem comentários: