terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Quem sou eu...



Quem sou eu...
Sou o ser que odeias...
Mas que gostas de amar...
Como um barco perdido à deriva no mar...
Sou o ser que escreve estas linhas onde te encontras...
Transparente e fiel à sua alma...
O ser que adora o azul do céu...
Aprecia a força do mar...
Adora poder viajar!...
Quem sou eu...
Sou o ser que amas...
Como só tu sabes amar...
Sou mais que o porto de abrigo...
Pois ao teu lado quero estar...
Sou uma pedra perdida no fundo do mar...
Onde só quem muito quer pode lá alcançar!...
Quem sou eu...
Sou o estranho ser que entre a correria de uma vida...
Se esconder em cada letra que escreve...
Sou as linhas que lês...
As entrelinhas que não vês...
Quem sou eu...
Sou o ser que queres conhecer...
Enfim!... quem sabe compreender...
Nada mais fácil do que aquilo que sou vais encontrar...
Pois para mim a vida é viver e poder voar!...
Queres comigo e em minhas asas poder viajar?!...
Quem sou eu...

1 comentário:

Laís disse...

Adorei o poema, é lindo, é inspirador!!!!
Continuem postando coisas como essa, a internet ta cheia de baboseiras e precisa de coisas belas assim pra contrabalancear.
Parabéns!