quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Saudade…






Saudade de escrever…
De entre as simples palavras me descrever…
Sinto esta saudade…
Atenuada com esta felicidade…
Saudade que não cabe no meu peito…
Que sem qualquer custo eu aceito…
Sinto esta alegria…
Que me faz sorrir a cada novo dia…
Saudade da tua voz poder escutar…
Quando junto ao ouvido me fazes arrepiar…
Sentindo cada palavra na minha vida…
Muito mais do que simplesmente ouvida!...
Saudade de te poder ver…
De no teu olhar me poder perder…
Sinto a saudade deste chão…
Onde me rebolo de imensa paixão!...
Saudade eu sinto de em teus braços sorrir…
De a doçura da tua pele poder sentir…
Sinto a tua ausência…
Mesmo que fechando os meus olhos sinta a tua essência!...
Saudade de te poder abraçar…
De com os meus braços te aconchegar…
Sinto saudade de te embalar…
E sobre as ondas do mar te poder amar!...

Sem comentários: