quinta-feira, 7 de abril de 2011

Desejo...



Quando no horizonte os meus olhos te contemplam...
Meu coração bate mais forte...
Acelera a um ritmo muito elevado...
Todas as minhas células anseiam tocar as tuas...
Cresce em mim o desejo de te poder tocar...
De poder o teu aroma inspirar...
De teus lábios poder beijar...
E neles beber desse néctar que me dá vida!...
Quando ao alcance de minhas mãos te encontras...
Quero a tua roupa rasgar...
Nossos corpos desnudar...
E deixar nossos sonhos nos comandar...
Quero a tua pele macia tactear...
E o teu corpo poder acariciar...
Quando os meus lábios te alcançam...
Sinto as chamas crescerem dentro de mim...
Sinto o sangue ferver...
E o desejo é mesmo difícil de descrever...
Quero sentir o teu calor...
O teu corpo arder junto do meu...
Quando penso em ti...
Meu corpo anseia o teu...
Nos meus sonhos te encontro...
E em teus braços quero mergulhar!...
E juntos podermos navegar...
Neste rio que vai desaguar no mar...
O mar do nosso amor...
Aquele que nos banha e alimenta nosso calor...
O calor de um desejo ardente...
Que apenas pode descrever quem sente...
O desejo de te ter...
De te ver...

1 comentário:

Carlos disse...

"Nunca te é concedido um desejo sem que te seja concedida também a facilidade de torná-lo realidade. Entretanto, é possível que tenhas que lutar por ele" Richard Bach