segunda-feira, 27 de junho de 2011

Um amor...



Mesmo que o mundo mude os nossos sentidos...
Que tudo lá fora pare de girar...
É nos teus braços que me desejo encontrar...
Em ti e contigo quero viver um amor sem fim...
Sei de cor cada traço do teu rosto...
Aquele que em minha mão tatuaste...
Habitas no interior de mim...
Corres e percorres cada ponto da minha pele...
Fica em mim...
Deixa que tudo lá fora desapareça...
Tudo o que foi... o que era...
É passado...
Um amor assim nunca pode ser um segredo fechado!...
É sim uma porta aberta para quem o quiser partilhar...
Mas só tu tens a chave que a vai escancarar!
Como um pássaro quero voar...
Abrir as asas e ao teu encontro partir...
Sempre sabendo que os teus braços terás abertos...
Esperando a minha aterragem!...
 

1 comentário:

Nome Lua disse...

Somos felizes num tempo só nosso…

As nossas horas…

As nossas viagens…

Os relógios param para vivermos…

Para sermos só nós…

Tatuei na palma da minha mão …

A mais bela historia de amor sentida …

Tudo o que se passa é mágico…

Somos aquilo que sempre sonhei!!!

bjo