quarta-feira, 13 de julho de 2011

Nudez...



Despeço-me dos trapos que cobrem o meu corpo...
A sua nudez te apresento...
A limpidez da minha alma está perante ti...
Sinto na tua presença o fervilhar do sangue nas minhas veias...
A erupção explosiva através da minha pele...
Sinto o calor...
O fogo ardente que me incendeia a essência...
Na nudez que nos reveste me reconheço...
Nela te encontro...
Onde sempre te encontrei...
Despidos de tudo o que nos envolve...
Somos um do outro...
Apenas isso torna a nossa presença única...
A nossa existência extraordinária...
Mais que a mulher nua...
Vejo o teu ser mais profundo...
Consigo visualizar a tua luz interior...
O brilho que me ilumina...
A claridade que me orienta ao longo dos dias...
Despidos de tudo... somos um do outro!...
Apenas isso me importa e seduz!...

Sem comentários: