sábado, 30 de julho de 2011

Toque...


Por entre silêncios e escuridões...
Minha alma navegante procura pela tua...
Recolhidos neste leito apenas nosso...
Sem qualquer autorização invado os teus pensamentos...
No seu interior leio e memorizo...
Neles me sinto presente e por lá permaneço...
Toco-te...
Levemente com a ponta de meus dedos...
Sinto a tua delicadeza e suavidade...
Deslizo e desenho-me na tua pele...
Momentos de sedução me conduzem...
Percorro-te em cada curva sedenta da minha passagem...
Ansiosa pela minha carícia...
Meus dedos escrevem na tua pele...
Caminhos... estradas de desejo...
Como que viajando numa via abandonada para a minha passagem...
Toco-te...
Levo os meus lábios junto dos teus...
Sinto a tua pele húmida...
O sabor a sal...
O mel dos teus lábios...
A luz das estrelas funde-se no brilho do teu olhar...
Dispo-me de preconceitos...
Entrego-me na viagem em ti...
A luminosidade do teu olhar quase me cega...
O brilho reflexo da paixão...
Do fogo e do calor ardente...
Que nos fulmina e incendeia o coração...
Sensações partilhadas...
Corpos que ondulam ao ritmo do poderoso mar...
No balanço do prazer desejado...
Toco-te...
Sinto o teu calor... 
O teu desejo...
Nesse toque a ti me entrego...
No teu corpo viajo para lá da linha do horizonte...
Ondulando na crista do poderoso mar do prazer...
Juntos como um só adormecemos...
Como se fossemos embalados pela mais doce das melodias...
Ao abrirmos os olhos um novo dia nos espera...
E sei que mais uma vez lado a lado estaremos!... 

Sem comentários: