sábado, 27 de agosto de 2011

Adoro-te...



Pelo brilho no olhar...
Que no espelho vejo reflectido...
Pelo sorriso matinal...
Mesmo quando o despertador manda da cama saltar...
Pelo bater forte do coração...
Sempre que sente o telemóvel tocar...
Por tudo isso eu te adoro...
Pela saudade que sinto no meu peito...
O querer tocar a tua pele suave...
Sentir o doce do sabor do teu beijo...
Por tudo isso eu te adoro...
Pelas palavras que em silêncio trocamos...
Pelo sentir mesmo quando estás ausente...
O querer-te sempre presente...
Pela transparência de alma e de vida...
Por tudo isso eu te adoro...
Adoro-te pelo que és...
Pelo que me fazes sentir...
Adoro-te pelo que sou quando contigo estou...
Pela felicidade que sinto na minha vida...
Adoro-te porque és parte da minha vida...
E porque sinto ser parte da tua!...

Adoro-te...



Pelo brilho no olhar...
Que no espelho vejo reflectido...
Pelo sorriso matinal...
Mesmo quando o despertador manda da cama saltar...
Pelo bater forte do coração...
Sempre que sente o telemóvel tocar...
Por tudo isso eu te adoro...
Pela saudade que sinto no meu peito...
O querer tocar a tua pele suave...
Sentir o doce do sabor do teu beijo...
Por tudo isso eu te adoro...
Pelas palavras que em silêncio trocamos...
Pelo sentir mesmo quando estás ausente...
O querer-te sempre presente...
Pela transparência de alma e de vida...
Por tudo isso eu te adoro...
Adoro-te pelo que és...
Pelo que me fazes sentir...
Adoro-te pelo que sou quando contigo estou...
Pela felicidade que sinto na minha vida...
Adoro-te porque és parte da minha vida...
E porque sinto ser parte da tua!...

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Tu...



Não sei...
Terá o mundo mudado só para te poder ver?!...
Talvez,
O Sol tenha apagado a sua luz...
Para que na noite tu pudesses brilhar...
Em ti encontrei o que é viver...
O ser mais alto, o poder ser maior...
O poder sentir toda esta felicidade que me percorre!...
Só tu consegues ser o meu olhar...
Escrito em sonhos...
Vivido em viagens eternas...
Sentindo a vontade de abraçar o mar...
Para no seio dele te acolher em toda a tua força...
Só tu desenhas e constróis o meu coração...
Esquecendo os medos que deixamos espalhados pelo chão...
Inventas o mais belo dos céus...
Pintando o mundo de todas as cores...
Quero-te sempre assim...
Presente na minha vida...
Trazendo-te sempre dentro do meu peito...
Abre as tuas mãos...
Acolhe o meu ser que a ti chega suavemente...
Abre os braços que eu estou a chegar...
E neles para sempre quero ficar...
Mesmo que não te veja...
Jamais poderei perguntar...
Onde estás tu?!...
Pois tu estás e és parte da minha vida...
Tu és o meu porto de abrigo...
A minha porta de embarque para a felicidade...
A minha portagem para a margem certa da vida!...
Tu e só tu me fazes viver assim...

Tu...



Não sei...
Terá o mundo mudado só para te poder ver?!...
Talvez,
O Sol tenha apagado a sua luz...
Para que na noite tu pudesses brilhar...
Em ti encontrei o que é viver...
O ser mais alto, o poder ser maior...
O poder sentir toda esta felicidade que me percorre!...
Só tu consegues ser o meu olhar...
Escrito em sonhos...
Vivido em viagens eternas...
Sentindo a vontade de abraçar o mar...
Para no seio dele te acolher em toda a tua força...
Só tu desenhas e constróis o meu coração...
Esquecendo os medos que deixamos espalhados pelo chão...
Inventas o mais belo dos céus...
Pintando o mundo de todas as cores...
Quero-te sempre assim...
Presente na minha vida...
Trazendo-te sempre dentro do meu peito...
Abre as tuas mãos...
Acolhe o meu ser que a ti chega suavemente...
Abre os braços que eu estou a chegar...
E neles para sempre quero ficar...
Mesmo que não te veja...
Jamais poderei perguntar...
Onde estás tu?!...
Pois tu estás e és parte da minha vida...
Tu és o meu porto de abrigo...
A minha porta de embarque para a felicidade...
A minha portagem para a margem certa da vida!...
Tu e só tu me fazes viver assim...

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Anjo...



Anjo...
Nas tuas asas quero viajar...
Mais alto que os céus me elevar...
E em ti poder sonhar...
Os teus cabelos inflamam o meu coração...
Com chamas de muita paixão...
Labaredas de intensidade e desejo...

Anjo...
Nas palavras me conheceste...
Nelas viajaste e me encontraste...
Com rios de felicidade me presenteaste...
Nas palavras te reencontrei...
Mostrando que nunca deixei de te amar...
Mesmo quando tudo parecia mudar!...

Anjo...
O teu olhar faz disparar o meu sangue...
O teu toque deixa-me ofegante...
A tua essência é a minha fonte de vida...
A suavidade da tua pele faz a minha suspirar...

Anjo...
Vem de novo conduzir-me nas tuas asas...
Faz-me viver de novo com o teu sopro...
Alimenta-me com o teu doce beijo...
Consome-me no nosso profundo desejo...

Meu Anjo...
Tu e só tu me fazes viver...
Fazendo tudo o resto esquecer...
Tu és o meu presente... foste o meu passado...
Quero-te no nosso futuro..
Em ti me sinto forte e pleno...
Nas tuas palavras me embalas...
Me seduzes e nelas viajamos...

Meu anjo...
Não encontro palavras...
Não consigo ilustrar o que sinto...
Apenas te digo que te amo!...
Em ti vivo e sinto o amor!...
Em ti e contigo quero vive-lo...

Anjo...



Anjo...
Nas tuas asas quero viajar...
Mais alto que os céus me elevar...
E em ti poder sonhar...
Os teus cabelos inflamam o meu coração...
Com chamas de muita paixão...
Labaredas de intensidade e desejo...

Anjo...
Nas palavras me conheceste...
Nelas viajaste e me encontraste...
Com rios de felicidade me presenteaste...
Nas palavras te reencontrei...
Mostrando que nunca deixei de te amar...
Mesmo quando tudo parecia mudar!...

Anjo...
O teu olhar faz disparar o meu sangue...
O teu toque deixa-me ofegante...
A tua essência é a minha fonte de vida...
A suavidade da tua pele faz a minha suspirar...

Anjo...
Vem de novo conduzir-me nas tuas asas...
Faz-me viver de novo com o teu sopro...
Alimenta-me com o teu doce beijo...
Consome-me no nosso profundo desejo...

Meu Anjo...
Tu e só tu me fazes viver...
Fazendo tudo o resto esquecer...
Tu és o meu presente... foste o meu passado...
Quero-te no nosso futuro..
Em ti me sinto forte e pleno...
Nas tuas palavras me embalas...
Me seduzes e nelas viajamos...

Meu anjo...
Não encontro palavras...
Não consigo ilustrar o que sinto...
Apenas te digo que te amo!...
Em ti vivo e sinto o amor!...
Em ti e contigo quero vive-lo...

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Mão...



Detenho a respiração...
Os meus passos estagnam o seu movimento...
O olhar contempla-te...
Sinto o coração acelerar ao ver a tua pureza...
Aproximo-me de ti...
Desejo-te tocar... sentir a tua pele...
Acariciar o teu cabelo...
Percorrer as linhas do teu corpo...
Quando finalmente te toco...
Sinto os meus dedos transportarem os meus desejos...
Solto a minha mão...
Atrevida e delicada percorre a tua pele suave...
Sinto o toque mais perfumado que a rosa mais perfumada...
Deslizo no teu corpo...
Sentindo-o ressentir-se a cada milímetro que percorro...
Toco os teus lábios...
Secos à passagem do ar que nos envolve e abraça...
Aproximo o meu corpo do teu...
Sinto o teu calor incendiar o meu sangue...
O desejo cresce entrego-me no teu corpo...
Abraço-te junto ainda mais nossos corpos...
Percorro a tua pele com vigor...
Incendiando e incentivando-te a fazeres o mesmo...
O tempo parece parar nesse instante....
Não existe tempo nem espaço...
Todo o Universo pertence-nos...
Nossos corpos banham-se nos seus suores...
Deslizando... escorregando descontroladamente...
Nos olhares cruzam-se e dão as mãos...
Juntos caminham nessa viagem...
Vão juntos e alcançam o horizonte...
Mergulho do teu olhar...
Vou o mais fundo que possa alcançar...
E num suspiro muito doce e suave...
Como a brisa quente de uma noite de verão...
Segredo-te muito baixinho...
Amo-te bem do fundo do meu coração!
E a ti me entrego na nossa plena paixão!... 

Mão...



Detenho a respiração...
Os meus passos estagnam o seu movimento...
O olhar contempla-te...
Sinto o coração acelerar ao ver a tua pureza...
Aproximo-me de ti...
Desejo-te tocar... sentir a tua pele...
Acariciar o teu cabelo...
Percorrer as linhas do teu corpo...
Quando finalmente te toco...
Sinto os meus dedos transportarem os meus desejos...
Solto a minha mão...
Atrevida e delicada percorre a tua pele suave...
Sinto o toque mais perfumado que a rosa mais perfumada...
Deslizo no teu corpo...
Sentindo-o ressentir-se a cada milímetro que percorro...
Toco os teus lábios...
Secos à passagem do ar que nos envolve e abraça...
Aproximo o meu corpo do teu...
Sinto o teu calor incendiar o meu sangue...
O desejo cresce entrego-me no teu corpo...
Abraço-te junto ainda mais nossos corpos...
Percorro a tua pele com vigor...
Incendiando e incentivando-te a fazeres o mesmo...
O tempo parece parar nesse instante....
Não existe tempo nem espaço...
Todo o Universo pertence-nos...
Nossos corpos banham-se nos seus suores...
Deslizando... escorregando descontroladamente...
Nos olhares cruzam-se e dão as mãos...
Juntos caminham nessa viagem...
Vão juntos e alcançam o horizonte...
Mergulho do teu olhar...
Vou o mais fundo que possa alcançar...
E num suspiro muito doce e suave...
Como a brisa quente de uma noite de verão...
Segredo-te muito baixinho...
Amo-te bem do fundo do meu coração!
E a ti me entrego na nossa plena paixão!... 

sábado, 6 de agosto de 2011

Dou-te...



Dou-te palavras suaves ao teu ouvido...
Espessas e vagarosas encorrendo no teu pescoço...
Como se te desse um doce fio de mel...
As minhas mãos felizes e açucaradas...
Enfeitando o teu corpo...
Desenhando nele uma estrada de inquietações de desejo!...
Dou-te um beijo embrulhado entre as pétalas desta rosa...
Suave e perfumado como só assim pode ser...
Como se te desse o jardim mais belo do mundo...
Onde meus lábios anseiam tocar os teus...
Incendiando nossos corpos na paixão...
Dou-te tudo quando sempre me pediste pouco mais que nada...
A sinceridade e a transparência que nos amarram...
Como se estivessemos atados pela corda mais poderosa...
Palavras que espelham aquilo que somos...
E tudo o que damos quando nos entregamos...
Desejo dar-te todo o meu amor...
Para que assim te possa ver brilhar...
Quero dar-te o mundo...
Para que nesse mundo te possas abrir para mim...
E juntos abraçarmos essa felicidade...
Junto de ti querendo sempre estar...
Para bem de perto te poder ver voar...
Como um anjo voando usando as asas da vida!...

Dou-te...



Dou-te palavras suaves ao teu ouvido...
Espessas e vagarosas encorrendo no teu pescoço...
Como se te desse um doce fio de mel...
As minhas mãos felizes e açucaradas...
Enfeitando o teu corpo...
Desenhando nele uma estrada de inquietações de desejo!...
Dou-te um beijo embrulhado entre as pétalas desta rosa...
Suave e perfumado como só assim pode ser...
Como se te desse o jardim mais belo do mundo...
Onde meus lábios anseiam tocar os teus...
Incendiando nossos corpos na paixão...
Dou-te tudo quando sempre me pediste pouco mais que nada...
A sinceridade e a transparência que nos amarram...
Como se estivessemos atados pela corda mais poderosa...
Palavras que espelham aquilo que somos...
E tudo o que damos quando nos entregamos...
Desejo dar-te todo o meu amor...
Para que assim te possa ver brilhar...
Quero dar-te o mundo...
Para que nesse mundo te possas abrir para mim...
E juntos abraçarmos essa felicidade...
Junto de ti querendo sempre estar...
Para bem de perto te poder ver voar...
Como um anjo voando usando as asas da vida!...

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Digo-te...


Digo-te...

...segredando bem baixinho junto do teu ouvido...
...todos os meus segredos, mistérios e medos...
...sussurrando tudo o que sou a cada célula do teu corpo...
...nas minhas palavras o caminho para a minha alma...

Digo-te...

...quem sou e o que faço aqui quando em ti me acolhes...
...toda a verdade que corre em mim...
...com toda a sinceridade, a saudade que sinto...
...que em teus braços me sinto viver...
...que em meus braços te adoro acolher...

Digo-te...

...que a ti me sinto intimamente conectado...
...que quando estou contigo sonho até acordado...
...que só tu me levas a viajar...
...que me fazes levantar os pés do chão e acreditar...
...que nas asas do pensamento me fazes sentir o que é amar!...

Digo-te...

...és o meu pedaço de céu onde quero habitar...
...és o meu pedaço de mar onde quero mergulhar...
...és o meu anjo que sempre me vem visitar...
...és o meu ontem... o meu hoje... o meu amanhã...
...é em ti que me revelo e me reconheço...
...és tudo aquilo que eu sou...
...és tudo o que mais adoro!...

Digo-te obrigado por teres entrado na minha vida sem avisar...
E por nela teres ficado sem ser preciso eu autorizar!....

Digo-te...


Digo-te...

...segredando bem baixinho junto do teu ouvido...
...todos os meus segredos, mistérios e medos...
...sussurrando tudo o que sou a cada célula do teu corpo...
...nas minhas palavras o caminho para a minha alma...

Digo-te...

...quem sou e o que faço aqui quando em ti me acolhes...
...toda a verdade que corre em mim...
...com toda a sinceridade, a saudade que sinto...
...que em teus braços me sinto viver...
...que em meus braços te adoro acolher...

Digo-te...

...que a ti me sinto intimamente conectado...
...que quando estou contigo sonho até acordado...
...que só tu me levas a viajar...
...que me fazes levantar os pés do chão e acreditar...
...que nas asas do pensamento me fazes sentir o que é amar!...

Digo-te...

...és o meu pedaço de céu onde quero habitar...
...és o meu pedaço de mar onde quero mergulhar...
...és o meu anjo que sempre me vem visitar...
...és o meu ontem... o meu hoje... o meu amanhã...
...é em ti que me revelo e me reconheço...
...és tudo aquilo que eu sou...
...és tudo o que mais adoro!...

Digo-te obrigado por teres entrado na minha vida sem avisar...
E por nela teres ficado sem ser preciso eu autorizar!....