sábado, 24 de dezembro de 2011

Para ti...


Neste tempo de dar e receber...
Não tenho muito para dar...
E também não peço muito para receber...
Neste Natal que estar a chegar...
Tudo o que quero... És tu!...
E a ti me dou...
Sem embrulho ou laçarote...
Entrego-te tudo o que sou...
Quero-te na minha vida sempre presente...
Com todas as alegrias que partilhamos...
Viajando sem destino marcado...
Neste Natal entrego-te o meu coração...
Ele que bate por ti...
Para ti apenas posso dizer breves palavras...
Eu Adoro-te!...
E neste Natal tudo o que quero...
És tu!

Sem comentários: