quarta-feira, 11 de abril de 2012

Aproxima-te...



Aproxima-te, mistura-te comigo...
Que o teu pensamento se misture no meu...
Bati à tua porta...
Numa doce carícia...
Toquei no teu coração...
Para que possa ter um lugar na tua vida...
Para que tu me possas conhecer...
Para ser e me sentir o teu doce anjo...
Aproxima-te, mistura-te comigo...
Deixa que eu toque a tua pele...
Te tatue na minha própria alma...
Abro-te o meu coração...
Faz dele o teu abrigo... a tua morada permanente...
Toca no meu coração...
Ocupa o teu lugar na minha vida...
Dá-te a conhecer no silêncio do nosso olhar...
Vem sentir-te o meu doce anjo...
Aproxima-te, mistura-te comigo...
Vamos fundir a nossa linha de pensamento...
Conquistar o futuro...
Resgatando o presente das amarras do passado...
Dá-me a tua mão...
Pega no meu olhar...
E juntos vamos voar...
Contigo sei que vou poder sonhar...
Aproxima-te, mistura-te comigo...
E vamos percorrer a estrada da felicidade...
Onde só vive quem não teme a saudade...
Por saber que todo o amor se baseia na viagem...
Pelos trilhos da aproximação e da verdade!...
Aproxima-te, deixa-me misturar contigo...

Sem comentários: