quarta-feira, 16 de maio de 2012

Basta...




Basta...
Cansei de ser o teu fantoche...
De te ver sorrir... mas não para mim...
Cansei do teu desprezo...
De tudo na tua vida vir antes de mim...
Por favor, vai-te embora daqui...
Cansei de tua indiferença aos meus sentimentos...
E da tua falta de paixão...
Eu vou seguir a minha vida...
Sair de vez desta solidão...
Sai daqui!...
Não quero ver nunca mais a tua cara...
Não telefones, nem escrevas...
Pois já é tempo...
De me deixares viver a vida...
Tu não mereces...
Nem o meu respeito, nem a minha consideração...
Vou te esquecer...
E do meu coração expulsar-te de uma vez...
Pois brincaste... brincaste e brincaste demais com ele...
Feriste os meus sentimentos mais sinceros e verdadeiros...
E fizeste da minha vida...
Um navio para horizonte para onde rumar...
A mim que tudo o que sempre quis…
Foi um dia fazer-te feliz...
Foi tudo o que sempre quis...
Mas tu não deixaste...
E com o meu coração brincaste...
Por isso agora tudo o que quero...
É simplesmente dizer-te adeus...
E esquecer que um dia te amei!...

Sem comentários: