quinta-feira, 31 de maio de 2012

Ferido...



Hoje sento-me aqui...
Olhando o horizonte longínquo...
Enxugo as feridas...
Limpo os arranhões...
Sinto a dor ainda muito presente...
Fruto do passado recente muito doloroso...
Olho de maneira diferente o céu...
Com a certeza do caminho que sigo...
De onde quero e sei que posso estar...
Não esqueço a dor...
Por muito que queira ela está muito presente...
Faz-me lembrar as quedas que tive...
Os erros que cometi...
Ajudam-me a abrir os olhos...
Sei que estou ferido...
Tocado...
Ressentido...
Mas estou vivo e confiante...
Sabendo onde e como lá chegar...
Por isso hoje aqui me sento...
Não para pensar no passado...
Mas para olhar o presente...
Sentir o desejo de viver o futuro!... 

Sem comentários: