quarta-feira, 20 de junho de 2012

Eu sou...



Eu sou...
... aquele poema inacabado...que nunca ninguém leu!


Eu sou...
... aquele sonho maravilhoso... que nunca ninguém realizou!


Eu sou...
... aquela paixão gostosa... que por medo, alguém um dia sufocou até à morte!


Eu sou...
... aquele amor que alguém ansiava... mas que nunca acabou por chegar!


Eu sou...
... muito mais do que simples palavras... sou alguém que pensa... sente... e que muito observa!


Eu sou...
... no fundo aquilo que tu fazes que eu seja... eu sou tudo e no mesmo segundo eu sou nada!


Eu sou...
... livre... e por isso sou muito mais do que um corpo!


Eu sou...
... aquele que mesmo sorrindo para ti... afoga-se na suas próprias lágrimas!


Eu sou...
... isto tudo... e ao mesmo tempo serei nada... sou prisioneiro de mim próprio...aguardando que tragas as chaves para me libertar!


Eu sou...
... eu fui... eu sou... e eu serei... aquilo que tiver que ser e nunca o que os outros esperam que eu seja!

Sem comentários: