segunda-feira, 18 de junho de 2012

Suspenso...



Hoje vi uma chuva de estrelas...
Não estava escuro nem era noite...
Mas elas caiam abundantemente…
Lindas e brilhantes...
Livres e despreocupadas!...
Essa imagem me transportou para um tempo…
Fui para um universo suspenso…
Estava acima de tudo…
Sem receios ou algum medo…
Senti saudade…
Do brilho de toda a felicidade...
De uma vida que sinto suspensa...
Senti uma presença tão intensa…
Amei as estrelas…
E o seu rasto brilhante no alto dos céus…
Fixei o olhar naquela estrela...
Cujo brilho ofuscava todas as outras...
Segui-a com o olhar...
Na esperança de a poder acompanhar...
Mas como não tenho o poder de voar...
Desejo apenas o dia em que ela vai regressar!...
Hoje vi uma chuva de folhas...
E nem no outono estamos...
Ouvi os pássaros chilrear...
E os teus passos na minha direcção caminhar!...
Estarei no céu ou simplesmente a sonhar!?...

 

Sem comentários: