quinta-feira, 5 de julho de 2012

Amar...


Sinto-me perdido...
Sinto-me num vazio...
Procuro descobrir o que é verdadeiro e sentido em mim...
Encontro-te num grande jardim de sentimentos...
Perco-me... 
Na sua imensidão...
Na beleza do teu olhar...
No tatuar da tua mão...
Em tudo o que me faz vibrar e renascer...
E que antes me fazia ter vontade de escrever...
Não quero esta sensação de vazio...
Quero guardar cada passeio nesse jardim...
Viver de forma intensa e real...
E quando um dia for um grande pintor...
Por fim o poder ilustrar...
E ao mundo poder dar...
O verdadeiro sentido do que é amar!...

Sem comentários: