terça-feira, 3 de julho de 2012

Rosas...



Hoje aqui me sento...
Não irei escrever...
Ficarei apenas a observar...
As cores e o aroma que me fazem sonhar...
Sinto a tua delicadeza na ponta dos meus dedos...
Deslizo delicadamente sem receios ou medos...
Cravas os teus espinhos na minha pele...
Agracio-te com tudo o que sou...
E isso em nada jamais mudou...
E tu marcas o meu corpo com os teus espinhos...
Fecho os olhos e esqueço esta dor...
Sinto o teu aroma para onde eu for...
Viajas comigo...
Serei o teu transporte?
Ou a tua viagem!...
Um mero ponto de passagem...
Um local para uma nova viragem!...
Fixo o olhar nas tuas cores...
Elas acabam com todas as minhas dores...
O veludo das tuas pétalas faz-me arrepiar...
Levantar os pés do chão e no ar levitar!...
 

Sem comentários: