quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Nuvens...



Quando a chuva toda passar...
As portas das nuvens irão abrir...
O sol poderá então espreitar...
E deixar todo o seu calor sentir...
De que valem asas para voar...
Se tivermos o medo de cair...

Quando a chuva toda passar...
As nuvens deixam de existir...
O azul do céu vamos observar...
As aves alegres podemos ouvir...
E com elas escolhemos cantar...
Para tal nossas vozes vamos unir...

Quando a chuva toda passar...
Ouvirei a água na rua a correr...
A tempestade irá se afastar...
Poder as estrelas na noite ver...
Debaixo do seu brilho dançar...
Nos meus braços te poder ter...


Sem comentários: