quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Aqui estou...



Aqui estou bem fundo nestes buracos...
Vergado pelo orgulho e erros do passado...
Olho para o que resta da minha vida...
Aqui estou juntando todos os pequenos cacos...
De tantas lutas travadas fiquei cansado...
Hoje agarro a vida que quero vivida...
Aqui estou querendo sair desta trincheira...
Onde durante demasiado tempo fui escondido...
Quero a luz, o sol, o calor, o amor e a alegria...
Aqui estou saindo desta vida de lixeira...
Dos vícios e malefícios estou fugindo...
Deixando a tristeza e agarrando o novo dia...
Aqui estou e não me volto a esconder...
Tudo o que quero na vida é mesmo viver...
Não sou mais refém do meu triste passado...
Pois para mim ele está mesmo terminado!...

Sem comentários: