quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Lágrima...




Foi fora do simples papel…
Que um dia comecei a colocar…
Os desabafos do meu coração...
Com eles procurei uma pintura desenhar…

Procurando as palavras ir escondendo…
Elas que os meus sentimentos denunciavam…
Mostrando as minhas profundas vontades…
Uma lágrima rolou dos meus olhos…
Foi cair sobre a palavra amor...
Nesse momento eu percebi…
Os meus olhos choram por amor...
Lágrimas que nascem no meu coração…
Brotam como uma nascente que a alma aprova…
Pois sente que essas lágrimas fortalecem…
Durante muito tempo procurei segurar…

As lágrimas que do rosto queriam cair…
Como que pedindo ao tempo que parasse…
E para junto de ti me transportasse…
O amor não pode fazer chorar…
Por ser o sentimento mais forte…
Só deve fazer mesmo sonhar…
Fazer as emoções girar até perder o norte…
Por vezes escrevo com uma grande marca…
A marca de um amor que se quer expressar…
Mesmo quando seja uma lágrima que o esteja a vincar!...

Sem comentários: