sábado, 29 de setembro de 2012

Reflexão...




E agora, nada mais resta, o fim chegou...
E portanto é hora de em frente olhar...
Sinceramente foi bom enquanto durou...
Mas agora é mesmo tempo de terminar…
Eu tenho vivido uma vida de forma plena...
Viajei por cada e todas as estradas desta vida...
E mais, muito mais que isso, me faz ter pena...
Sempre o fiz à minha maneira, plena e sentida...
Arrependimentos, eu tive alguns a pedir e dizer...
Mas, novamente, pouquíssimos para mencionar...
Eu fiz o que eu devia ter feito sem nada esquecer...
E passei por tudo consciente, para poder recordar...
Em alguns momentos, tenho certeza que sabias...
Que eu mordia mais do que eu podia mastigar...
Todavia fora tudo apenas quando restavam dúvidas...
De que mais cedo ou mais tarde iria mesmo acabar...
Eu enfrentei a tudo e de pé firme continuei...
E fiz tudo do meu jeito e assim sempre te amei...
Eu já amei, ri, chorei e até a morte desejei...
Cometi minhas falhas não nego nem negarei...
Tive a minha parte nas vitórias e nas derrotas...
E agora as lágrimas escorrem do meu rosto...
Mas em momento algum fechei as portas...
Mesmo quando de lado fui mesmo posto...
Para que serve um homem, o que ele merece?!...
Senão ele mesmo, então ele não tem ninguém...
Para dizer as coisas que ele sente e não esquece...
E não as palavras ditas de joelhos por alguém...
Eu fiz tudo sempre do meu jeito simples e humilde...

Sem comentários: