sábado, 6 de outubro de 2012

Pensar...




Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Na vida tudo acontece por uma razão ou por alguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
Ou então que se afastem nesta estrada que não tem fim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...
Acreditando que nela não há impossível...
E que todos os que nela vivem nada têm de desonesto...
Pensando que na vida nada é falível...
Mas que tudo nela é mesmo perecível...
Pensar de nada vai servir...
Para tudo o que se pode seguir...

Sem comentários: