sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Pérola...




Na pérola que brilha no mar...
Resgatada por quem a encontrar...
O mar eterno se materializa...
Contido, preso numa baliza...
Cultivado e profundamente estimado...
Forma cativa do belo e amado...
Pérola promessa para sempre eterna...
Que minha rede pesca à luz da lanterna...
Em teu abraço que me acolhe...
O que faço além de tua Poesia que me escolhe...
Como brilhar da lua no céu alto...
Em grão que rebola debaixo do salto...
Sozinha abandonada na sua concha...
Além do teu mar que bate na rocha...
Que me dá vida iluminada pelo seu brilho...
E que me eterniza dentro de um caixilho...
Como mulher, ser mais precioso...
Como pérola, cujo brilho é maravilhoso...


Como tua promessa para sempre eterna!...

Sem comentários: