segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Sol...



Por mim o sol passou
Na linha do horizonte
Por fim o dia terminou
Neste banco sentado
O mar frente a frente
Pensamento elaborado.

Da luz para a escuridão
Da direita para a esquerda
O desejo na minha mão
Deste momento registar
A alegria poderosa sentida
Tinha a bateria que acabar.

Toca a música no ouvido
Embalando o meu coração
Pelo mar o areal é comido
Num momento de tranquilidade
Em que sinto os pés no chão
E de ti sinto imensa saudade.

Agora paro neste momento
Interiorizo as tuas palavras
Sinto todo o seu sentimento
Sei que tens muita razão
E que é nelas que te mostras
Apenas posso pedir perdão.

Posso até não o merecer
Mas tenho que o pedir
Que mais poderei fazer
Se não te deixar pensar
Ouvindo no coração o sentir
De te querer de novo abraçar.

Sem comentários: