sábado, 1 de dezembro de 2012

Abraça-me...



Abraça-me com os olhos teus
Incendeia os meus sentidos
Toca todos os poros meus
Provoca em mim sensações
Recuperemos tempos perdidos
Libertemos as puras emoções.

Abraça-me e vem sentir o meu corpo
Deixa-me desvendar os teus sonhos
Partilhar contigo profundos momentos
Dar a liberdade aos intensos sentimentos

Abraça-me com os teus lábios
Vem humedecer a minha boca
Nunca descrito pelos mais sábios
O pulsante e eterno pecado
Que é poder deixar-te louca
Quando o teu coração é tocado.


Abraça-me e vem sentir o meu corpo
Deixa-me desvendar os teus sonhos
Partilhar contigo profundos momentos
Dar a liberdade aos intensos sentimentos

Abraça-me com os teus braços
Vem envolver-me docemente
Tu sabes o mais forte dos feitiços
Que faz o meu ser voar e sonhar
Senti o pulsar quente e intensamente
O teu corpo desejar para amar


Abraça-me e vem sentir o meu corpo
Deixa-me desvendar os teus sonhos
Partilhar contigo profundos momentos
Dar a liberdade aos intensos sentimentos

Abraça-me com todo o teu ser
Vem comigo viajar e desejar
Os nossos corpos apenas um fazer
Numa dança plena de frenesim
Vamos sentir nossos corpos suar
Numa entrega poderosa e sem fim!... 



Sem comentários: